Britney Spears tem liberdade negada pela justiça e bens seguem sob tutela do pai

A cantora deu novo depoimento sobre os abusos que sofre há muitos anos na família – que também é responsável pela sua carreira – no último dia 23 de junho

Resumo da Notícia

  • O pedido de Britney Spears para que não fosse mais mantida sob tutela do pai foi negado pela Justiça americana nesta quinta-feira, 1 de julho
  • A cantora fez um testemunho chocante na semana passada, em que contou que tinha DIU para não engravidar e tomou lítio a mando do pai e conservador dos seus bens
  • O advogado de Britney pediu, no começo deste ano, que o controle dos patrimônios da estrela fossem passados para um escritório - e também teve o pedido negado

Britney Spears teve o pedido de libertação da tutela do pai negado nesta quinta-feira, 1 de julho. A cantora deu mais um recente e chocando testemunho sobre os últimos 12 anos de abuso que sofreu nas mãos do pai, seu principal tutor e responsável pelo controle deu seus bens. Britney ainda detalhou que a família a obriga a usar DIU para não engravidar, e a obrigou a tomar lítio no passado.

-Publicidade-

O advogado da estrela, Sam Ingham, pediu no em 2020 que a Jusitça americana transferisse o controle dos patrimônios de Jamie Spears para um escritório – que seria responsável exclusivamente pela contabilidade desses bens – e suspendesse a tutela do pai. Contudo, o pedido foi negado – e, ainda assim, Sam requisitou que Jamie fosse apenas co-conservador dos bens junto da companhia gestora de fortunas Bessemer Trust, o que foi autorizado.

Britney Spears já é mãe de Sean e Jayden (Foto: Reprodução/ Instagram)

Britney Spears está com 39 anos e possui dois filhos: Sean e Jayden, de respectivamente 16 e 15 anos. Contudo, a cantora desabafou sobre o desejo de formar uma família ao lado do namorado atual, Sam Asghari, “Me sinto cercada, intimidada, deixada de lado e sozinha. Cansei de me sentir sozinha. Mereço ter os mesmos direitos, ter um filho ou qualquer uma dessas coisas”, desabafou, em recente audiência que denunciou mais abusos que sofreu sob cuidado do pai.

A cantora ainda recorrer da decisão e, mais uma vez, pedir que o seu pai não seja mais seu tutor. De acordo com informações da revista Variety e do site TMZ, a cantora pediu em novembro do ano passado que o pai não fosse mais seu tutor – e que estava com medo de subir nos palcos por ameaças com o pai. “Não só minha família não fez nada, meu pai era totalmente a favor. Qualquer coisa que acontecesse comigo precisava ser aprovada pelo meu pai”, declarou, também em depoimento recente.