Ex de Britney Spears confessa que família a proibiu de realizar sonho de ter uma filha

Durante um depoimento, um ex-namorado de Britney Spears falou sobre os abusos que a cantora continua sofrendo pela família e que ela nunca pôde realizar o sonho de ter uma menina

Resumo da Notícia

  • Britney Spears está sob tutela do pai desde 2008
  • Segundo seu ex-namorado, que não teve a identidade revelada, ela foi proibida de engravidar e realizar o sonho de ter uma menina
  • Atualmente, o processo de tutela da cantora segue em julgamento

Após pedir para que sua identidade não fosse revelada, um ex-namorado de Britney Spears testemunhou na audiência judicial contra a tutela do pai da cantora. O motivo teria sido o medo dele sofrer algum tipo de retaliação pela família dela.

-Publicidade-

Segundo ele, Britney foi impedida de engravidar e realizar o sonho de ter uma menina. “O que ela mais quer é ter uma menina. É tudo o que ela sempre quis. Eles a impediram disso. Eles disseram para ela fazer o show de Las Vegas em vez disso”, disse o homem ao PageSix.

Um ex-namorado de Britney Spears falou sobre os sonhos interrompidos da cantora (Foto: reprodução / Instagram @britneyspears)

O ex-namorado da cantora se refere à turnê da cantora na cidade estadunidense, que começou em dezembro de 2013 e terminou apenas em dezembro de 2017. “Ela pedia [para o advogado] de quatro a cinco vezes por semana para terminarem a tutela. E eles sempre davam alguma desculpa. Eu espero que Britney os processem por causa disso. Eu vou testemunhar se for necessário”, afirmou.

Desde 2008, Britney Spears está sob tutela do pai. Segundo documentos vazados recentemente, Jamie Spears controla o dinheiro da cantora, avaliado em 60 milhões de dólares e também toda a sua carreira e vida pessoal. O processo ainda está em julgamento.

Britney Spears prestou um novo depoimento na semana passada

Britney Spears prestou mais um depoimento sobre os abusos que sofre na mão na família. Nesta quarta-feira, 23 de junho, a cantora abriu o jogo com relação a tutela do pai sob a qual é submetida desde 2008 – e que a obrigou a entrar em turnês, tomar lítio e até mesmo colocar DIU para não engravidar.

“É desmoralizante tudo que passei. Nunca disse isso abertamente – nunca pensei que alguém fosse acreditar em mim. Não estou mentindo. Só quero minha vida de volta”, declarou a cantora. “Eu estive em negação, estive em choque, estou traumatizada. Não consigo dormir, estou deprimida, choro todos os dias. Já se passaram 13 anos e isso já o suficiente. Eu guardei isso por tanto tempo, mas isso não é bom para o meu coração”.

A cantora prestou mais um depoimento em que expôs os abusos da família (Foto: Getty Images)

Britney falou ainda que estava no tribunal, depois de tantas ameaças da equipe responsável pela administração de sua carreira, para encerrar de uma vez o controle do pai sobre o corpo e vida dela para poder realizar um sonho importante: casar e ter filhos.

“Eu tenho um DIU em meu corpo agora que não me deixa ter um bebê e meus tutores não me deixam ir ao médico para retirá-lo”, contou. “Muita coisa aconteceu desde dois anos atrás, a última vez que estive no tribunal. Não acho que fui ouvida em qualquer nível quando fui ao tribunal da última vez”, completou ainda.