Casal cria ‘CoronaCarro’ para ajudar pessoas a receberem vacina contra covid-19

Joseph e Shirley Limburgl, resolveram levar gratuitamente todas as pessoas que não puderem ir sozinhas para a vacinação contra a o coronavírus, em Nova Jersey (EUA)

Resumo da Notícia

  • Casal deu um exemplo de empatia ao resolver levar gratuitamente pessoas para receber a vacina contra covid-19
  • O homem leva os vizinhos no Fiat 500, que tem direito até adereços vermelhos que lembram o coronavírus
  • Eles já receberam a vacina e agora, ajudam outras pessoas a serem imunizadas também

Em momentos difíceis sabemos que apoio faz muita diferença! Joseph Cicchetti deu um exemplo de empatia ao resolver levar gratuitamente as pessoas que não puderem ir sozinhas para a vacinação contra a covid-19, em Nova Jersey (EUA).

-Publicidade-
‘CoronaCarro’ ajuda a levar pessoas para tomar vacina (Foto: Reprodução / Facebook)

O homem leva os vizinhos no Fiat 500, que tem direito até adereços vermelhos que lembram a proteína do coronavírus. Em cerca de duas semanas, o serviço gratuito de Joseph e da esposa Shirley Limburg, tem sido um sucesso e já levou dezenas de pessoas para o posto de vacinação.

O casal aposentado faz parte de uma rede de voluntários do país que ajuda a população a garantir vacinas. No caso dos dois, ideia de ajudar veio após vários amigos contraírem a covid-19 no último ano, mas principalmente depois da morte de uma pessoa próxima da família. “Qualquer pessoa que for vacinada e tiver imunidade e não espalhar a doença, muitas vidas serão salvas”, Limburg disse ao jornal The Washington Post.

Joseph, que já perdeu um irmão durante um ataque terrorista em 2001, se sensibilizou com a causa e por isso, resolveu ajudar outras famílias. “Se eu puder evitar que uma pessoa não passe pelo que minha família passou ao perder meu irmão, eu consideraria um sucesso”, conta.

Homem ajuda a levar pessoas para tomar vacina nos EUA (Foto: Reprodução / Facebook)

Assim que a distribuição da vacina foi anunciada no país, ele começou a colocar bolas de secar em tubos de PVC e pintando tudo. Então, logo após receber a dose do imunizante, ele e a esposa passou a usar o carro para levar as pessoas necessitadas aos pontos de vacinação. As pessoas que precisam de uma carona, entram em contato com o casal pelo Facebook e agendam o serviço voluntário.

O homem ainda ressaltou que não cobra pelo serviço, mesmo não sendo rico. “Estamos fazendo algo que faz a diferença. Sim, o dinheiro é importante, mas a vida das pessoas é muito importante. Se pudermos fazer algo assim com um orçamento muito limitado, qualquer um pode fazer”, finalizou.