Casal de idosos morre por covid-19 de mãos dadas em hospital após 61 anos juntos

Doris Pope, de 78 anos, e Sherwood Pope, de 82, morreram no mesmo dia, com apenas alguns minutos de diferença, de mãos dadas

Um casal que estava junto há 61 anos morreu no mesmo dia, com apenas alguns minutos de diferença. Doris Pope, de 78 anos, e Sherwood Pope, de 82, morreram de mãos dadas, segundo relato de enfermeiros de um hospital em Raleigh, na Carolina do Norte.

-Publicidade-
(Foto: Reprodução/Facebook)

O casal deu entrada no hospital cerca de uma semana antes do óbito, com sintomas graves da covid-19 – ambos precisaram de auxílio mecânico para respirar. A princípio, eles foram mantidos em leitos separados, mas quando o quadro se agravou, o marido pediu a doutores e enfermeiros que o deixassem ficar junto da esposa.

(Foto: Reprodução/Facebook)

“Ele ficava falando que queria estar perto da mama”, disse Brian Pope, filho do casal, à emissora americana Fox. Profissionais do hospital instalaram ambos em duas camas próximas uma da outra. Brian revelou que os dois ficaram deitados um do lado do outro entre três a quatro horas. Sherwood morreu primeiro, e a mulher não resistiu minutos depois.

-Publicidade-
(Foto: Reprodução/Facebook)

O filho ainda não sabe como os pais foram contaminados. “Sempre que precisavam sair de casa, eles usavam suas máscaras“, lembra. O filho do casal disse que desejava não só comentar a história de amor dos pais, mas também lembrar da seriedade da situação: “A pandemia não é piada. É real”, comenta.