Caso inédito! Morcego albino fêmea é registrada grávida pela primeira vez

A espécie Artibeus planirostris foi fotografada apenas duas vezes, sendo que esta foi a única em que aparece grávida

Resumo da Notícia

  • O morcego foi fotografado na Paraíba
  • O caso inédito surpreendeu especialistas
  • O mamífero fêmea apareceu pela primeira vez grávida

Um morcego albino fêmea foi fotografado no Instituto Fazenda Tamanduá, na Paraíba, e chamou a atenção de especialistas por conta de um detalhe nunca visto antes: o animal foi encontrado pela primeira vez em estado de gravidez.

-Publicidade-

Este foi o segundo registro da espécie Artibeus planirostris. Com exclusividade do portal de notícias do g1, a bióloga Maria Clara do Nascimento afirmou que casos de animais albinos são raros e difíceis de serem observados pelos humanos.

Registro inédito do mamífero gestante
Registro inédito do mamífero enquanto gestante (Foto: Leal et al. 2021)

“Trata-se de uma ocorrência interessante por ser uma fêmea grávida, o que demonstra que, apesar da condição albina, o indivíduo chegou à idade adulta e conseguiu inclusive se reproduzir, portanto a alteração genética não afetou sua sobrevivência nem reprodução”, contou a estudiosa em entrevista.

Ainda sobre a raridade, a cada 60 espécies de morcegos no mundo existe um caso de albinismo reportado. Já no Brasil, apenas 9 espécies foram registradas com a mutação genética.