CEO do Nubank fala sobre herança para os filhos: “Deixar muito dinheiro é um estrago”

O sócio-fundador do Nubank, David Vélez, diz que responsabilidade social vem de berço e que os filhos devem lutar para alcançar os objetivos de vida

Resumo da Notícia

  • Sócio-fundador do Nubank aponta que o banco digital já é um dos maiores do mundo
  • David Vélez fala sobre não deixar toda herança para filhos
  • Ele e a esposa irão investir maior parte em ações filantrópicas
  • O bilionário acredita que filhos devem correr atrás dos sonhos

Recentemente David Vélez, sócio-fundador do Nubank, fez um relato sobre os lucros de um dos maiores bancos digitais do mundo. “No ano passado, o valor da empresa ficou enorme. Um dia, você acorda e pensa: Nossa, o que a gente faz com essas ações? É muito dinheiro. Não precisamos, não temos uma vida de luxos.”

-Publicidade-

Em pouco tempo, ele criou um império. Em dezembro de 2013 ele surgia com o unicórnio na bolsa de valores de Nova York, valendo US$41,5 milhões. O colombiano fez apostas grandes em 2021. A venda pública de ações fez o banco digital brasileiro o mais valioso da América Latina, crescendo a ponto de enfrentar o Itaú e o Bradesco.

David Vélez, cofundador da Nubank acumula em torno de 26 bilhões de reais
David Vélez, cofundador da Nubank acumula em torno de 26 bilhões de reais (Foto: Getty Images)

Nesta entrevista, Vélez acreditava ser quase impossível criar um banco do Zero no Brasil, mas após empreender, viu uma carreira bem-sucedida crescendo, “Ninguém esperava chegar a quase 50 milhões de clientes”. Cinco meses antes do IPO, a mulher dele, Mariel Reyes, que é economista, aderiram ao The Giving Pledge, que foi encabeçado por Bil Gates e Warren Buffet.

No entanto, mesmo com tanto dinheiro, Vélez e a esposa decidiram doar maior parte da fortuna para filantropia e causas sociais. Atualmente o sócio-fundador na Nubank acumula 26 bilhões de reais, mas acredita que deixar toda herança para os filhos não seja o melhor a fazer.

Vélez acredita que filhos devem enfrentar obstáculos para alcançar os objetivos
Vélez acredita que filhos devem enfrentar obstáculos para alcançar os objetivos (Foto: iStock)

“Chegamos a conclusão de que deixar muito dinheiro para os filhos é um estrago. O que nos traz felicidade e satisfação são situações em que tivemos de brigar e trabalhar duro para alcançar” falou David. Ele acredita que visão de responsabilidade social vem de berço.

Ele finalizou o relato, dizendo que os filhos devem enfrentar obstáculos para alcançar as metas na vida, “Dar um cheque em branco para os filhos é tirar esse senso de superação da mesa. É criar uma vida sem obstáculos e oportunidade de construir um caráter forte”.