Corredora ganha mesmo prêmio que a mãe 30 anos depois e comemora conquista em família

Ela participou da competição pela mesma escola e na mesma pista que a mãe havia vencido

Resumo da Notícia

  • Corredora ganha mesmo prêmio que a mãe 30 anos depois
  • Ela participou da competição pela mesma escola e na mesma pista que a mãe havia vencido
  • A comemoração não poderia ser melhor
  • A mãe comentou o orgulho de ver a filha seguindo os passos dela

Tal mãe, tal filha! A corredora americana Elly Henes decidiu seguir os passos da mãe na corrida e se inscreveu para a mesma competição que ela havia vencido 30 anos atrás. Não bastando estar na mesma competição, a jovem ainda correu pela mesma escola e na mesma pista! O resultado foi uma linda vitória que entrou para a história da família.

-Publicidade-

Ela precisou de várias tentativas, mas não desistiu e conseguiu chegar em primeiro lugar na pista de 5 mil metros. “Minha mãe estava lá. Foi ela a pessoa que me treinou até chegar nesse nível e me manteve equilibrada e em forma. Isso é tão especial”, contou Elly, em entrevista ao jornal norte-americano ABC.

Corredora ganha mesmo prêmio que a mãe 30 anos depois e comemora conquista em família (Foto: reprodução Instagram)

“Ela está se preparando para isso há muito tempo. Como treinadora, eu senti que ela estava pronta para se colocar em posição de ganhar um título”, completou a mãe, Laurie, orgulhosa da conquista da garota.

A comemoração não poderia ser mais especial. Logo após a vitória, as duas trocaram um abraço apertado, mostrando o orgulho de criarem a própria tradição, passando o título pela geração das duas. “Tenho certeza de que ela sentiu um pouco de pressão com isso, sabe, 30 anos depois, mesmo estádio, mesma situação, então, ela ser capaz de lidar com isso também foi realmente importante”, disse a mãe.

Para Elly, esse foi apenas o primeiro passo. A garota pretende correr por outros lugares e conquistar muitos prêmios. “Acho que é hora de deixar o programa e focar em correr fora da faculdade e, com sorte, fazer um mestrado em psicologia do esporte“, completou Elly.