Criança com Síndrome de Down não recebe a vacina contra a Covid-19 após ter os documentos roubados

O carro da mãe da menina foi roubado junto com os pertences. Felizmente, eles foram recuperados na última quinta-feira, 20 de janeiro

Resumo da Notícia

  • Criança com Síndrome de Down não pôde receber a vacina após ter os documentos roubados
  • Os pertences foram levados junto com o carro
  • Felizmente, a mãe conseguiu recuperar tudo na última quinta-feira

Na terça-feira, 18 de janeiro, o carro de Katherine Angélica, de 32 anos, foi furtado enquanto ela estava com a filha, Alice, que tem Síndrome de Down em uma consulta médica. Isso impediu que a menina pudesse ser vacinada, já que os documentos foram levados junto ao veículo. O caso aconteceu em Goiânia.

-Publicidade-

“A gente tinha acabado de sair de uma consulta com as meninas e depois ia vaciná-las. Nesse meio tempo levaram o carro, e lá dentro tinham os documentos, encaminhamentos médicos e cartões de vacina. Agora não podemos mais vaciná-las”, contou Katherine em entrevista ao G1. 

Mãe comemora a recuperação do carro e dos documentos
Mãe comemora a recuperação do carro e dos documentos (Foto: Reprodução / TV Anhanguera)

A boa notícia é que os objetos foram recuperados nesta última quinta-feira, 20 de janeiro. O carro havia sido deixado em Senador Canedo, interior de Goiás, e os papéis foram entregues em um posto de saúde da capital.

“Uma funcionária do posto de saúde do Parque Atheneu [em Goiânia] disse que um senhor encontrou os documentos e deixou lá. Estou aliviada, feliz, grata, provavelmente amanhã a Alice já pode vacinar e se proteger”, disse ela.

“A gente quer agradecer a todo mundo que compartilhou, à TV Anhanguera que não mediu esforços para nos atender, Deus abençoe a todo mundo, muito obrigada mesmo”, comemorou.