Criança comove ao escrever mensagem sobre o pai falecido próximo onde ele trabalhava

A cena foi registrada por um arquiteto que caminhava próximo ao local

Resumo da Notícia

  • Garota escreveu mensagem sobre o falecimento do pai próximo onde ele trabalhava
  • A cena foi vista por um arquiteto que se comoveu com a situação
  • O pai era proprietário de um quiosque de coco no litoral de São Paulo

Sinval Ruiz de Carvalho, de 68 anos, estava caminhando próximo à praia quando se deparou com uma criança, de 11 anos, escrevendo uma mensagem ao pai que faleceu recentemente. A garota deixou a homenagem na caixa de luz próxima ao quiosque que o pai trabalhava. O caso aconteceu em Santos, no litoral de São Paulo.

-Publicidade-

“Olá, meu nome é Milena, eu vou contar uma história a vocês, ela é muito triste. Meu papai tava com câncer, e ele não conseguiu, infelizmente ele faleceu. Eu sou filha do Rosivaldo e da Rosirene”, escreveu a garota na mensagem.

Filha escreve mensagem sobre o pai falecido na praia
Filha escreve mensagem sobre o pai falecido na praia (Foto: Reprodução / Sinval Ruiz de Carvalho)

O homem que registrou a mensagem, contou ao g1 que é de São Paulo e tem um apartamento próximo ao local. Ele afirmou também que havia ouvido falar sobre a morte do pai da criança, também conhecido como “Ramos do Coco”. Afinal, o homem era proprietário de um quiosque de coco na praia.

“Eu já sabia que ele havia falecido. A minha família, que era de espanhóis, tinha Ramos também no sobrenome, e eu sempre brincava que ele era meu parente. Quando vinha caminhando naquele domingo, vi uma menina escrevendo uma mensagem em uma caixa de eletricidade que tem na praça onde está localizado o quiosque. Eu cheguei quando ela estava terminando de escrever”, disse ele.

“Fiquei muito triste pela morte do Ramos, porque ele era uma pessoa forte e legal, que todos aqui conheciam bem e gostavam. Soube que ele lutava há dois anos contra um câncer. Mas, me emocionei ao ver a criança escrevendo aquilo, expressando seu sentimento, mostrando o quanto era apegada ao pai e o quão forte o amor é”, concluiu.