Criança morre após ser espancada pelo pai por não entender a lição de casa

O caso aconteceu em Caratinga, em Minas Gerais, e o próprio rapaz confessou ter agredido o filho

Resumo da Notícia

  • Um menino de apenas 6 anos morre após ser espancado pelo próprio pai
  • Segundo o rapaz, ele teria agredido o filho porque ele não tinha entendido uma matéria da escola
  • O pai está preso pelo crime de tortura qualificada

Absurdo! Uma criança de apenas 6 anos morreu em Belo Horizonte no último dia 28 após ter sido espancada pelo próprio pai. O motivo das agressões seria porque o menino não tinha entendido a matéria da tarefa da escola, segundo o R7.

-Publicidade-

De acordo com a reportagem, o próprio pai teria contado que deu socos e pontapés no filho. Durante as agressões, o menino teria levado uma rasteira, caiu e bateu a cabeça num móvel. Ele ficou desacordado e foi levado à uma UPA, em Caratinga, MG, e foi transferido para a capital mineira, onde infelizmente não resistiu e morreu na UTI do Hospital João 23.

O pai está preso pelo crime de tortura qualificada (Foto: iStock)

A equipe médica da UPA acionou a polícia militar devido a gravidade dos ferimentos da criança. Os policiais, depois de serem acionados, abordaram o homem, pai do menino, que confessou ter agredido o garoto e foi preso.

O avô do menino, Nivaldo Fonseca de Souza, disse que o menino passou a morar com o pai há pouco tempo, cerca de três meses atrás. Anteriormente, a guarda dele era do avô, logo após a mãe ter morrido afogada em uma praia da Bahia, em 2015. “Ele falou que ia cuidar do menino direitinho, que ele tinha família lá”, lamentou o senhor, que contou que o rapaz teria levado o menino da Bahia para Caratinga, em Minas.

Segundo o rapaz, ele teria agredido o filho porque ele não tinha entendido uma matéria da escola (Foto: iStock)

“Ele falou que foi no Conselho Tutelar de Caratinga e que passou a guarda pra ele. Inclusive, agora, estou sabendo que isso era tudo mentira”, ainda completou em entrevista à TV Leste. Segundo a polícia, o pai está preso pelo crime de tortura qualificada e ainda estão aguardando a conclusão do laudo de necropsia.