Daiana Garbin mostra rosto da filha pela 1ª vez e fãs dizem: “A cara do Tiago Leifert”

A menina, Lua, é a única filha do casal e nasceu em outubro, em uma maternidade no Rio de Janeiro

Resumo da Notícia

  • Daiana Garbin deu fim na curiosidade dos fãs nesta sexta-feira
  • A jornalista publicou a primeira foto do rosto da filha, fruto do casamento com Tiago Leifert
  • A menina, Lua, é a única filha do casal e nasceu em outubro, em uma maternidade no Rio de Janeiro

Daiana Garbin deu fim na curiosidade dos fãs nesta sexta-feira, 4 de dezembro, e publicou a primeira foto do rosto da filha, fruto do casamento com Tiago Leifert. A menina, Lua, é a única filha do casal e nasceu em outubro, em uma maternidade no Rio de Janeiro.

-Publicidade-
Lua completou 1 mês (Foto: Reprodução / Instagram / @gardindaiana)

Na imagem, a menina aparece dormindo no colo do apresentador, enquanto os pais olham para a câmera. “É #sextou que fala? O meu melhor tempo e lugar!”, escreveu a mãe de primeira viagem na legenda da publicação.

Nos comentários, os fãs se derreteram pela foto em família. “A carinha feliz de vocês”, escreveu uma seguidora. “A cara do Tiago”, chamou a atenção outra. “Natal com bebê vai ser incrível”, disse um admirador.

Tiago Leifert fala sobre semelhança com filha

(Foto: reprodução Instagram / @garbindaiana)

O apresentador Tiago Leifert abriu o jogo sobre a paternidade recentemente ao participar do programa Altas Horas, da Globo. O famoso contou que ainda se emociona muito ao ver a filha, Lua, de 1 mês de vida, fruto do relacionamento com a jornalista Daiana Garbin. “Ainda acordo e choro. É muito emocionante e lindo ver sua esposa se transformar em uma pessoa, você cuidando dela e a Lua se parece comigo. O médico disse que é a minha cara”, disse ele, cheio de orgulho da filha.

Ele continuou contando que foi responsável por registrar o parto da bebê. “Por causa da pandemia não tinha fotógrafo, nem filmagem. Fiz eu mesmo e não tive coragem de assistir a gravação ainda, mas lembro que chorei mais alto do que o médico falava. Aquele choro feio mesmo! A Lua deve ter chorado duas vezes de fome e eu chorava 9, 10. Posso ficar até às 4 da manhã falando dela”, disse.