Dor de ouvido: causas, tratamentos e formas de aliviar esse incômodo

Dr. Claudio Len, médico do departamento Materno-Infantil do Hospital Albert Einstein, dá dicas para os pais nessas situações

Resumo da Notícia

  • Tire suas dúvidas sobre dor de ouvido em crianças
  • Saiba como funciona o diagnóstico e como tratar
  • Saiba mais sobre a otite, que é causada por bactérias

A dor de ouvido costuma vir de uma hora para a outra, e certamente destaca-se entre os motivos de visita ao pediatra e ao pronto-socorro. Destaque para otite, que pode vir junto com um resfriado ou isolada. Na maioria dos casos a otite é causada por bactérias, que entram pelo nariz, migram para o ouvido através da tuba auditiva e inflamam a membrana timpânica.

-Publicidade-
Saiba como reagir quando o seu filho estiver com dor de ouvido
Saiba como reagir quando o seu filho estiver com dor de ouvido (Foto: Getty Images)

Para o diagnóstico, deve ser realizada a otoscopia. Nela, visualizamos a membrana timpânica, que pode estar vermelha, e o ouvido médio, que pode ter pus. De um modo geral, o pediatra é o médico indicado para os cuidados com os problemas do ouvido. O otorrinolaringologista é o especialista em problemas mais complexos, e deve ser acionado apenas em casos específicos, sempre com o encaminhamento do pediatra.

Algumas medidas comumente realizadas pelos pais podem ser causa de dor de ouvido. Destaque para o uso excessivo de hastes flexíveis e para o hábito de levar o nariz com seringas cheias de soro fisiológico, com pressão. Nestes casos o jato forte de soro pode levar as bactérias através da tuba auditiva para o ouvido, que por sua vez pode causar otite. A “limpeza do nariz” deve ser feita com cuidado e com produtos desenvolvidos para este fim. Na dúvida, opte por não lavar o ouvido ou o nariz do seu filho.

Como aliviar a dor de ouvido?

Fátima, mãe de Helena

A dor, considerada por muitos o sexto sentido, varia de uma criança para a outra. Algumas crianças têm de fraca intensidade, enquanto outras de fortíssima magnitude. A chance de otite em crianças com dor de ouvido é alta e ela pode ser forte. Portanto, não deixe de medicar o seu filho (ou filha) com analgésicos como paracetamol, ibuprofeno ou dipirona. Na suspeita de otite causada por bactérias, o tratamento deve ser feito com antibióticos, com início mais precoce possível. Na otite viral, o tratamento é apenas sintomático.

Pode ter início súbito em crianças?

Carol Chagas, mãe de Luiz

Sim, a dor de ouvido costuma ser súbita e de forte intensidade. É mais comum à noite, e geralmente vem acompanhada de choro e irritabilidade. Recomendo que você medique o seu filho com analgésicos por boca, que costumam agir em poucos minutos, mesmo antes de procurar assistência médica. Independentemente disto, a regra de procurar o seu pediatra de confiança e buscar ajuda ainda é necessária para garantir o melhor resultado, principalmente se esse incômodo permanecer – apesar do uso de medicamentos indicados.

Por que a dor de ouvido é mais comum em crianças?

Leila, mãe de Ana Bella

A otite bacteriana é bem mais comum em crianças pequenas, entre 1 e 3 anos, por vários motivos: 1) as defesas do sangue vão aumentando nos primeiros anos de vida, o que torna os bebês um pouco mais vulneráveis; 2) as crianças têm mais contato com vírus e bactérias de outras crianças, especialmente em lugares mais fechados e com aglomeração, como escolas e brinquedotecas; e 3) a anatomia do ouvido das crianças é mais propícia para a entrada de bactérias.