Filha conta que é estuprada pelo pai desde os 5 anos em carta à mãe

O caso aconteceu em Mongaguá, litoral do estado de São Paulo. A menina de 16 anos revelou que foi estuprada por 11 anos, e que era ameaçada para não contar a ninguém sobre o crime

Resumo da Notícia

  • Uma adolescente escreveu uma carta à mãe contando que era estuprada pelo pai desde os 5 anos
  • A mãe denunciou o crime à Polícia Civil
  • O criminoso foi encontrado pelas autoridades e está em prisão provisória

No litoral do estado de São Paulo, na cidade de Mongaguá, uma adolescente de 16 anos escreveu em uma carta para a mãe revelando que era estuprada pelo pai desde os cinco anos de idade, sofrendo com os abusos por  11 anos.

-Publicidade-
A adolescente contou na carta que era ameaçada pelo criminoso para não fazer a denúncia
A adolescente contou na carta que era ameaçada pelo criminoso para não fazer a denúncia (Foto: Reprodução / Getty Images)

Além da revelação sobre o pai, a adolescente também contou por escrito que ele ameaçava matá-la para que não contasse a ninguém sobre o crime. Fora isso, a vida da mãe e do irmão também eram ameaçadas para garantir o silêncio da vítima, segundo o Departamento de Polícia Judiciária do Interior- 6 (Deinter-6).

A responsável pela denúncia do crime foi a mãe da menina. Os policiais da Delegacia de Defesa da Mulher encontraram o criminoso de 57 anos em uma casa localizada no bairro Jardim Leonor. Ele chegou a confessar o crime de estupro às autoridades, porém negou que havia ameaçado a vítima.

O criminoso está em prisão provisória. O caso se encontra em segredo de Justiça, mas já se sabe que o homem chegou a ser indiciado. A Polícia Civil afirmou ao G1 que o material para comprovar o crime foi encontrado em conversas que o homem tinha em um aplicativo de mensagens com a vítima. O caso foi encaminhado ao Ministério Público, onde irão checar se existem evidências para apresentar alguma denúncia à Justiça.