Filho de Carol Nakamura recebe homenagem de Ludmilla e tem a melhor reação!

Wallace, de 10 anos, está em processo de adoção pela artista e seu noivo, Guilherme Leonel, desde o final de 2019

Resumo da Notícia

  • Wallace está em processo de adoção por Carol e seu noivo desde dezembro do ano passado
  • O menino apareceu dançando ao som de Ludmilla no Instagram
  • A cantora reagiu e mandou um recado especial para a criança

A ex-bailarina do Faustão, Carol Nakamura, compartilhou recentemente nas suas redes socias um vídeo do filho, Wallace, de 10 anos, dançando ao som da sua cantora preferida: Ludmilla! A criança afirmou que era fã da funkeira e continuou mostrando suas habilidades ao som de “Cobra Venenosa”, uma das novas músicas da cantora.

-Publicidade-
Wallace adorou a surpresa de Ludmilla (Foto: reprodução / Instagram / @carol_nakamura)

“O artista que você mais quer conhecer, quem é?”, pergunta Carol para o filho. “A Ludmilla, porque ela é a maior cantora do Brasil”, responde Wallace, na lata.. “Beijo, Ludmilla, sou teu fã”, completa ele. A cena repercutiu entre os seguidores até chegar na própria cantora, que, claro, mandou um recado para o admirador mirim!

“Coisa mais linda, gente! Um beijo pra você também, meu amor. Você arrasou muito, maior molejo”, disse Ludmilla no vídeo enviado para o garoto. Wallace se emocionou muito e até chorou com o contato da cantora. A criança está em processo de adoção por  Carol e seu noivo, Guilherme Leonel, desde o final de 2019. O menino morava no lixão e era cuidado pela avó, que tem vários problemas de saúde.

-Publicidade-
Ela quer promover a educação do menino (Foto: reprodução / Instagram @carol_nakamura)

“Ele morava com a avó, tem a mãe, e a gente visita a família dele constantemente. Agora estamos mais afastados por conta do coronavírus. No Carnaval, a gente deixou ele com a avó e a mãe também pediu para ficar com ele. Óbvio que deixei, a guarda é dela. Ele tem uma família que o ama, e acho importante ele manter o convívio. Claro que depois que ele tiver um direcionamento psicológico vou saber melhor se permaneço nessa conduta de deixar passar um fim de semana ou não. Por enquanto, não sei, mas também não tenho o direito de privá-lo porque não tenho a guarda dele. Nos damos muito bem com a família. Fizemos um acordo: a prioridade é a alfabetização do Wallace, e que ele tenha oportunidade de emprego futuro”, falou Carol sobre o assunto, em entrevista para o portal Quem.

-Publicidade-