Guarda Municipal do Rio ganha novos filhotes para tropa canina: veja fotos

Nascidos em 12 de julho, os 8 filhotes de Belga de Malinois receberam nomes iniciados com a letra O seguindo a tradição. Em breve, eles começaram os treinamentos

Resumo da Notícia

  • A Guarda Municipal do Rio ganhou 8 novos filhotes
  • Eles nasceram em 12 de julho e fazem parte da tropa canina do grupo
  • Todos receberam nomes começados com a letra O

A Guarda Municipal do Rio ganhou oito novos filhotes de cachorros para integrar a tropa canina da corporação. Agora, o Grupamento de Cães de Guarda (GCG) conta com 38 cães.

-Publicidade-

Uma curiosa tradição da corporação é que toda ninhada, após o nascimento, recebe nomes com a mesma letra do alfabeto sucessivamente. Dessa vez, os filhotes foram chamados com nomes com a letra O – isso serve para identificar e ter um controle melhor das matilhas.

Nasceram 8 novos filhotes que vão integrar a Guarda Municipal do Rio (Foto: Robert Gomes/Divulgação)

A nova ninhada da Guarda Municipal do Rio nasceu no Canil Maternidade da GM-Rio, que fica em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, no dia 12 de julho. Ao todo, são cinco machos e três fêmeas da raça Belga de Malinois.

Os nomes escolhidos para os filhotes (muito fofos) foram Osíris, Orion, Ômega, Orfeu e Odin para os machos, e Ohana, Orly e Olga para as fêmeas. Eles são filhos da cadela Mila, que já faz parte do plantel da GM-Rio.

Além de cães da raça Belga de Malinois, a tropa canina também tem cães de raças como Pastor Alemão, Fox Paulistinha e Dálmata. Em breve, os novos “contratados” começarão o treinamento de guardas adestradores que vão de brincadeiras à introdução a comandos de obediência.

Novos filhotes da Guarda Municipal do Rio (Foto: Robert Gomes/Divulgação)

Ao completarem um ano de vida, os filhotes da matilha vão trabalhar nas ruas, em serviços operacionais focados em sessões terapêuticas e em apresentações de showdog, que têm o objetivo de interagir com a população.