História de filme! Mulher perde memória e marido a reconquista diariamente, há 23 anos

Parece história de filme, mas realmente aconteceu! Apesar das dificuldades, ele acredita que todo esforço vale a pena pelo amor entre os dois

Resumo da Notícia

  • Mulher perde memória e marido a reconquista diariamente, há 23 anos
  • Tudo aconteceu depois que ela passou por dois acidentes de trânsito
  • A história parece cena de filme, mas realmente aconteceu
  • Veja a história completa

Parece história de filme, mas realmente aconteceu! Tudo começou em  1994, quando Michelle Philpots perdeu a memória de curto prazo após sofrer dois acidentes de trânsito. Devido a essa condição, muitas vezes ela acaba esquecendo de coisas triviais do dia-a-dia, como quem mora na casa dela. Por isso, o marido, Ian, precisa reconquistá-la todos os dias e vem de fato fazendo isso nos últimos 23 anos.

-Publicidade-
Ele a reconquista diariamente (Foto: reprodução Cosmopolitan)

A condição de Michelle não é comum, mas o marido aprendeu algumas táticas para lidar com a perda da memória. Agora, toda vez que ela esquece quem ele é, ele mostra o álbum de casamento dos dois e logo tudo fica bem. De acordo com o que ela disse ao jornal Cosmopolitan, a sensação é como se a vida tivesse parado em 1994.  “É como se eu estivesse vivendo no mesmo dia, dia após dia”, contou ela.

Claro que essa reconquista diária não deve ser nada fácil para Ian, mas, para ele, o amor que sente faz tudo valer a pena. Ele contou, ainda, que a paciência é o segredo para todo casamento. “Pode ser muito frustrante para mim, mas tenho que ser paciente e compreender. Tenho que manter a calma porque a amo”, disse.

-Publicidade-

O acidente aconteceu depois que os dois já tinham se casado, o que acabou ajudando um pouco.  “Eu a conheço há 25 anos, então tenho sorte de nos conhecermos antes de ela sofrer os acidentes porque ela pode se lembrar de mim. Felizmente, temos muitas fotos para lembrá-la, caso contrário, ela esqueceria tudo”, contou o marido.

O mais curioso é que Michelle sofreu lesões cerebrais em um acidente de moto em 1985 e um acidente de carro em 1990, mas somente perdeu a memória em 1994. Isso significa que ela pode se lembrar de tudo até 1994, mas desde então tudo o que acontece em um dia é esquecido no outro.

Hoje eles criaram técnicas para relembrá-la (Foto: reprodução Cosmopolitan)

Apesar das dificuldades, a família – e Michelle – estão aprendendo novas táticas para relembrá-la. Atualmente, para ajudar com as tarefas do cotidiano, eles costumam fazer centenas de notas Post-It e lembretes no calendário do celular. Isso sem contar com as fotos, claro, que são a prova de tudo que ela vive, mas não se lembra.

-Publicidade-