Homem desaparecido que estava há 30 anos morando na rua finalmente reencontra família

Ele foi achado morando em outra cidade com outro nome – e contou sua história ao Fantástico

Resumo da Notícia

  • Um homem desparecido há 30 anos foi finalmente encontrado pela família
  • Ele estava morando nas ruas de outra cidade com outro nome
  • A história foi contada com detalhes no Fantástico

Incrível! Depois de 30 anos desaparecido, um homem reencontrou sua família. O caso aconteceu em Arcoverde, no sertão de Pernambuco, onde ele vivia com outro nome e nas ruas. Foi depois de um acidente que o bombeiro Carlos se predispôs a ajudar Francisco – e conhecer sua história.

-Publicidade-

Depois de machucar o ombro em julho deste ano, Francisco – que nunca tinha aceitado ajuda alguma nas ruas – recebeu os devidos cuidados e até um novo corte de cabelo. Carlos então decidiu levar o homem até Lejado, próximo a Arcoverde, para encontrar notícias da família e vida passada de Francisco.

Francisco estava há 8 anos sem cortar o cabelo (Foto: Reprodução/ Fantástico)

A agricultora Antônia soube do novo visitante da cidade, e reconheceu possível semelhança de Francisco com Cícero – seu antigo irmão de quem não tinha notícias há mais de 20 anos. E, então, a dupla foi uma das primeiras a participar de um programa do Ministério da Justiça que encontra pessoas desaparecidas a partir de teste de DNA, e pôde se reencontrar depois de 30 anos!

Cícero reencontrou a irmã depois de quase 30 anos (Foto: Reprodução/ Fantástico)

Francisco, ou Cícero, foi a primeira pessoa a ser encontrada viva no Brasil graças ao programa. Antes dele, restos mortais de 31 desaparecidos já haviam sido identificados. Este serviço é gratuito e extremamente necessário – já que o Ministério estima que são mais de 80 mil pessoas desaparecidas em todo o país.