Idosos casados há 57 anos morrem com diferença de uma hora por Covid-19

Roberto, de 82 anos, e Magally Küne, de 79, moravam em Taubaté, São Paulo, e estavam internados com um quadro grave de coronavírus

Resumo da Notícia

  • Um casal que estava junto há 57 anos morreu no mesmo dia com uma diferença de apenas uma hora na última segunda-feira, 30 de novembro
  • Roberto, de 82 anos, e Magally Küne, de 79, moravam em Taubaté, São Paulo, e estavam internados com um quadro grave de coronavírus
  • Os dois foram diagnosticados no dia 14 de novembro e deram entrada juntos no hospital, onde dividiram o quarto

Um casal que estava junto há 57 anos morreu no mesmo dia com uma diferença de apenas uma hora na última segunda-feira, 30 de novembro. Roberto, de 82 anos, e Magally Küne, de 79, moravam em Taubaté, São Paulo, e estavam internados com um quadro grave de coronavírus.

-Publicidade-
O casal estava junto há 57 anos (Foto: Reprodução / G1)

Os dois foram diagnosticados no dia 14 de novembro e deram entrada juntos no hospital, onde dividiram o quarto. No final do mês, Roberto precisou ser transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), assim como Magally, que também apresentou uma piora no quadro.

O casal estava junto há 57 anos (Foto: Reprodução / G1)

“Minha mãe não conseguia ficar triste de estar internada, porque ela queria ficar com meu pai. Eles não se separavam de forma nenhuma”, conta Patrícia Küne, filha do casal, em entrevista ao G1. “Ela só me disse que queria ir lá com ele, que não queria ficar longe. Depois dessa mensagem, ela piorou e precisou de equipamentos para respirar. E então foi levada com ele para a UTI”, relembra.

-Publicidade-

O casal acabou não resistindo e deixaram uma família de dois filhos e cinco netos. Roberto e Magally trabalhavam juntos em uma casa de massas que tinham há mais de 20 anos. O local continuou aberto durante toda a pandemia, seguindo o protocolo das autoridades da saúde.