Inovação! Cientista inventa cimento com vida útil de 100 anos que emite luz própria

José Carlos Rubio desenvolveu o projeto que poderá ser utilizado no futuro por ser mais sustentável e barato do que o material tradicional

Resumo da Notícia

  • José Carlos Rubio desenvolveu um cimento capaz de emitir luz própria
  • O material é sustentável e pode ajudar motoristas e pedestres no futuro
  • O pesquisador pesquisa as propriedades do cimento há uma década

Sustentabilidade! O pesquisador mexicano José Carlos Rubio inovou ao desenvolver uma estrada que não necessita de iluminação externa graças a um cimento “brilhante” que emite luz própria.

-Publicidade-

Ph.D. na Universidade de Michoacan de San Nicolas Hidalgo, na cidade de Morelia, localizada no México, José Carlos dedicou uma década de estudos às propriedades do cimento. Durante as pesquisas, o inventor desenvolveu o material, tão fundamental para a construção de rodovias, com vida útil de 100 anos, podendo substituir o poluente asfalto.

As estradas do cientista possuem luz própria
As estradas do cientista possuem luz própria (Foto: Reprodução Universidad Michoacana de San Nicolás de Hidalgo)

Além disso, a invenção de José Carlos pode economizar milhões de reais e kilowatts de energia, já que não depende de nenhuma fonte de luz externa para ser enxergada pelos motoristas e pedestres.

O pesquisador explicou a lógica por trás do processo. De acordo com ele, o cimento é um pó que, ao ser adicionado à água, dissolve-se como um comprimido efervescente. Este resultado gera flocos cristalinos totalmente indesejados, já que transformam o material em um corpo opaco que não permite a passagem de luz para o seu interior.

José percebeu então que para diminuir com a opacidade do cimento era preciso acabar com os cristais que impedem a chegada da luz. Para isso, ele transformou em gel o material feito com base em areia e argila. Desta forma, o cimento absorve com mais facilidade a energia do sol e a devolve para o meio ambiente como luz.

A invenção do mexicano ainda está em fase de implementação para ser comercializada. Além da cor verde, José Carlos Rubio afirmou também que é possível controlar a intensidade da luz e sua cor, como para o tom azul.