Irmãos de noiva gravam momento em que ela se recusa a jurar voto de casamento: “Submissa, não!”

Era o momento de fazer os juramentos do casamento, entretanto Inaiã Dias surpreendeu os convidados ao se negar a repetir frase de submissão ao marido, Roney Barros

Resumo da Notícia

  • Inaiã Dias viralizou na Internet após se recusar de repetir frase de submissão ao marido
  • Os irmãos da noiva compartilharam nas redes sociais o conteúdo que repercutiu
  • Os internautas relacionaram o episódio aos casamentos da princesa Diana, Kate Middleton e Meghan Markle

No último dia 16 de outubro, em São Paulo, Inaiã Dias, de 31 anos, teve o casamento ao lado do marido, Roney Barros, de 40 anos, repercutido nas redes sociais, graças a uma gravação feita pelos irmãos da noiva no momento em que ela se recusa a repetir uma frase sugerida pelo cerimonialista que pedia que a mulher fosse submissa ao companheiro.

-Publicidade-

Foi no altar de um buffet da Zona Sul, que a analista de Recursos Humanos se se negou a repetir as últimas palavras do voto de casamento: “Prometo te amar, cuidar de você, te respeitar e ser submissa…Ser submissa, não!”, afirmou ela. O ato conseguiu arrancar risos e aplausos dos convidados presentes no matrimônio.

Noiva repercute na internet ao se recusar a fazer voto de submissão no casamento (Foto: Acervo pessoal)

O vídeo compartilhado pelos irmãos da noiva viralizou na Internet, sendo que muitos seguidores se lembraram da decisão da princesa Diana, Kate Middleton e Meghan Markle. A pioneira, em seu casamento com o príncipe Charles em 1981 na cidade de Londres, quebrou uma tradição ao não pronunciar a palavra “obedecer”.

Já entre as suas sucessoras, a Duquesa Kate Middleton e a esposa do Príncipe Harry, Meghan Markle, seguiram os passos de Diana. Como no inglês os votos tradicionais para a mulher costumam citar a frase “love, cherish and obey” (tradução: amar, cuidar e obedecer, em português), todas omitiram a palavra “obedecer”.

“Acho que a palavra submissa, do jeito que eu conheço e está no dicionário, não deveria mais ser usada nos dias de hoje, quando a mulher trabalha, é independente e busca no casamento uma parceria. Eu tinha visto várias cerimônias das casamento, mas nunca tinha ouvido nada semelhante. Então, quando eu ouvi no meu casamento, tomei um choque e não segurei a espontaneidade e falei…”, contou Inaiã com exclusividade ao portal de notícias do G1.