Família

“Lá em casa é assim: um por todos e todos por um!”, conta Paloma Santos

Aos 13 anos de idade, Yasmin ensinou aos pais muito mais do que aprendeu

Helena Fonseca

Helena Fonseca ,filha de Bethania e Paulo

Paloma Santos

(Foto: Acervo Pessoal)

No projeto “Lá em casa é assim”, parceria da revista Pais&Filhos com a Natura Mamãe e Bebê, estamos conhecendo famílias de todo o Brasil. A história da Paloma Santos nos emocionou muito e você precisa conhecer essa família linda!

“Eu e o Gustavo fomos pais bem novos – eu tinha 20 e ele 22 anos. Então minha saudosa mãe, Luiza, foi peça fundamental na criação de minha filha, Yasmim, pois eu tinha que trabalhar. Toda minha família foi de ajuda fundamental.

Yasmin cresceu e se tornou uma moça linda, forte e inteligente. Aos 13 anos começou a pedir um irmão. Embora ela já tivesse um irmão por parte de pai, o Andrew, ela queria um irmão bebê só pra ela. Nós não tínhamos planos de ter mais filhos por causa das condições, mas o desejo dela era tanto, que passou a pedir um irmão todos os dias!

E olha só… Não é que de tanto pedir um irmão para o Papai do Céu, ele atendeu? Descobrimos que seria mesmo um menino, como ela havia pedido: Tiago estava vindo aí.

Estávamos no auge da felicidade! Em julho de 2015, aos 5 meses de gestação, descobrimos que Yasmim estava muito doente. Não sabíamos do que se tratava, mas com um exame de raio X, percebemos que era grave.

Foram dois meses de internação e investigação até que veio o diagnóstico: Sarcoma de Ewing, câncer infantil raro. Foi a pior notícia da minha vida.

Mas como eu disse anteriormente, a Yasmin se tornou uma moça muito forte e aguentou tudo com muita força. Quando achava que não ia aguentar, pensava no irmão e buscava forças pra lutar. Depois de três meses ela finalmente recebeu alta, mas durante todo o tratamento foram muitas internações – e eu grávida.

Meu esposo teve que abandonar o trabalho pra me ajudar a cuidar da Yasmin, mas também pudemos contar com a ajuda de familiares e de grandes e verdadeiros amigos. Tivemos tudo que precisamos, sem nada faltar!

Nosso bebê Tiago nasceu em dezembro de 2015 e foi a maior alegria da vida da Yasmin, pois éramos 3 e nos tornamos 4!

Com o tratamento, a Yasmin perdeu os cabelos, mas não a alegria. Ela ensinou muitas coisas para o irmão. Ensinou a identificar e apontar para as coisas que ele queria, e até o ensinou a dar seus primeiros passinhos.

Mas a doença se agravou e infelizmente, em dezembro de 2016, uma semana antes de o Tiago completar um ano, nós a perdemos.

Hoje continuamos sendo 4, porque a Yasmin continua presente em nosso pensamento e corações. Fazemos questão de mantê-la viva na memória do Tiago.

Aprendemos com a Yasmim o que é o amor à vida e a ter coragem de enfrentar os problemas sem medo.

Lá em casa é assim: um por todos e todos por um!”

Como não se emocionar com essa linda história? Conta pra gente como é a sua família também!

Leia também:

Vem ver o primeiro vídeo do projeto “Lá em casa é assim”

“Nós queremos sair da lógica do ‘cada um no seu quadrado’ e dividir os quadrados”, conta Magda Figueiredo

Google divulga lista dos melhores apps e jogos de 2017 para crianças

 

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não