Mãe admite ter medo de sufocar bebê durante amamentação por causa do tamanho dos seios

Nicole Iyeh, de 22 anos, criou uma vaquinha online para conseguir fazer um cirurgia para diminuir o tamanho dos seios, por medo de sufocar o filho na hora de amamentar

Resumo da Notícia

  • Nicole Iyeh, de 22 anos, admitiu ter parado de amamentar o filho por medo de sufocá-lo
  • A mulher contou que tem muitas dores nas costas por conta do tamanho dos seios
  • Nicole criou uma vaquinha online para conseguir fazer um cirurgia para diminuir o tamanho dos seios

Uma mãe desesperada está implorando por uma redução de mama depois de temer que sufocaria seu filho recém-nascido se ela o amamentasse. Nicole Iyeh disse que seus seios tamanho GG causaram imensas dores nas costas e “impediram que ela fizesse tudo na vida”, incluindo amamentar seu filho Remy, que agora tem 17 meses.

-Publicidade-

A jovem de 22 anos disse ao portal britânico The Mirror: “Eu não podia amamentar meu filho porque eles cobriram seu nariz e eu estava com medo que eles o sufocassem. Também me causou tanta dor que não aguentei mais e o alimentei com leite em pó. Eu me senti culpada e sem esperança como mãe por não poder amamentar meu bebê.”

Nicole disse que às vezes não pode levar o filho para passear no parque porque está com muita dor nas costas e tem problemas para dormir. “Eu sinto que estou realmente presa pelos meus peitos”, disse ela. Ela começou a desenvolver seios quando tinha apenas nove anos. Nicole tem usado dois sutiãs nos últimos dez anos para tentar apoiar seus seios grandes o máximo possível.

A mãe contou que tem fortes dores nas costas por causa do tamanho dos seios
A mãe contou que tem fortes dores nas costas por causa do tamanho dos seios (Foto: Reprodução/The Mirror)

Nicole contou: “Entre a idade de 14 a 18, meus seios aumentaram três tamanhos de bojo e eu odiava a aparência deles. Não só isso, mas eu estava com muita dor e constantemente desconfortável. Senti que não podia ser eu mesma. Não podia sair para dançar e me divertir como todos os meus amigos. Não posso nem levar meu filho ao parque ou passear com ele porque estou com muita dor.”

Nicole acrescentou: “Meus seios me deixam desconfortável e não estou orgulhosa deles. Eu nem gosto de tê-los tocados sexualmente. Eu os odeio. Até tenho problemas para dormir porque acho impossível ficar em uma posição confortável e às vezes acho difícil respirar, pois parece que tenho uma tonelada de tijolos descansando no peito”.

Uma redução de mama seria “mudança de vida”, disse Nicole. Ela queria o procedimento desde os 18 anos. “Eu finalmente me sentiria livre e seria capaz de viver a vida do jeito que sonhei. Eu poderia vestir o que eu quisesse, passear e brincar com meu filho sem sentir dor. Eu não posso imaginar como seria.”

A mãe quer fazer uma redução de mama
A mãe quer fazer uma redução de mama (Foto: Reprodução/The Mirror)

Nicole, que mora no Texas, EUA, criou uma página no GoFundMe para arrecadar fundos e pagar a cirurgia e o processo de recuperação. Ela disse que faria uma enorme diferença para seu filho. “O primeiro e mais importante passo para começar nossa vida seria esse procedimento.”