Mãe dá à luz ‘bebê errado’ após confusão na Fertilização in Vitro e procura filho biológico

A mulher fez um relato, na tentativa de encontrar a mulher que pode ter recebido seu embrião na clínica em que realizou o procedimento

Resumo da Notícia

  • Uma mulher deu à luz ao bebê errado após uma troca de embriões equivocada;
  • Tudo aconteceu durante uma Fertilização in Vitro;
  • A mãe fez um relato, na tentativa de encontrar a mulher que pode ter recebido seu embrião na clínica em que realizou o procedimento.

Uma mulher deu à luz ao bebê errado após uma troca de embriões equivocada durante uma Fertilização in Vitro. A mãe fez um relato, na tentativa de encontrar a mulher que pode ter recebido seu embrião na clínica em que realizou o procedimento.

-Publicidade-

Olga Alyokhina, 33, de Chelyabinsk, na Rússia, e o marido, Ivan Alyokhin, estão tentando desesperadamente descobrir se o seu filho biológico nasceu de outra mulher. Atualmente, ela e o marido são pais de Denis, de dois anos.

Mãe dá à luz filho de outro casal (Foto: Reprodução/ Metro)

A mulher contou que fez todo o processo de fertilização, engravidou e o bebê acabou nascendo antes do previsto. Antes de sair do hospital, a mãe contou que se surpreendeu com o tipo sanguíneo de seu filho, que é A-. “Meu tipo de sangue é B, meu marido tem O. Nosso filho não pode ter esse tipo de sangue”, disse ela.

Foi neste momento que ela percebeu a confusão.  “Minha vida virou de cabeça para baixo. Eu fiquei em profundo estado de choque e pânico. Eu chorei o dia todo, mas não consegui contar o motivo para ninguém”, lembra.

Após confirmar o engano com um exame de DNA, o hospital sugeriu que o menino fosse entregue para adoção, mas Olga não aceitou. Em seguida, ela disse que deseja encontrar os pais biológicos do menino – quem possivelmente também está criando seu filho e explicou:

Mãe dá à luz filho de outro casal (Foto: Reprodução/ Metro)

“Não há chance de trocarmos as crianças de volta. Eu nunca desistiria de Denis. Eu amamentei ele. Ele é nosso filho tão esperado. Seus pais biológicos poderiam ficar com Denis nas férias, se quisessem. Eu só quero estabelecer um relacionamento com eles”, finalizou.

Após o erro ser constatado, o casal russo recebeu uma indenização de £ 29.500 (o equivalente a mais de R$ 200 mil) do Centro Perinatal Regional de Chelyabinsk, que é administrado pelo estado, onde ela se submeteu ao procedimento.