Mãe de 8 filhos conta como decidiu nomear cada um e você vai se surpreender com os resultados

Uma mãe de oito filhos se abriu sobre seu processo criativo de nomenclatura, com suas variadas fontes de inspiração, incluindo sua história familiar, podcasts de crimes reais e seu trabalho em uma colônia de leprosos

Resumo da Notícia

  • Uma mãe de 8 filhos contou como nomeou cada um deles
  • Você vai se surpreender com as histórias por trás de cada nome
  • Desde podcast criminal até uma viagem para uma colônia de leprosos a mãe pensou

Uma blogueira compartilhou as histórias únicas por trás dos nomes de cada um de seus oito filhos, cada um com um significado diferente e interessante. A influenciadora Jordan Page, apelidada de “Fun Cheap” ou “Free Queen”, pensou bastante em suas escolhas de nome durante cada gravidez, com cada uma tendo uma ‘história distinta’ por trás dela.

-Publicidade-

Em um vídeo do YouTube, Jordan explicou que teve muitas perguntas sobre os nomes de seus filhos ao longo dos anos, com fãs curiosos para saber por que ela os escolheu. Jordan, que escreve em um blog sobre coisas de família, começou com sua filha mais velha Priya Jean, que recebeu o nome de uma garotinha que ela afirmou ter conhecido em uma colônia de leprosos.

Conforme relatado anteriormente pelo The Sun, a mãe blogueira, que mora em Utah, lembrou como, em seus tempos de faculdade, ela trabalhou em uma colônia de lepra no sul da Índia e rapidamente se afeiçoou a uma doce menina de quatro anos chamada Priya. Mesmo antes de engravidar, Jordan sabia que ela queria nomear sua própria filha de Priya, mesmo trazendo esse desejo em uma conversa inicial com seu agora marido. O nome do meio é Jean por conta de sua avó.

Quando chegou a hora de nomear seu filho McEwan Fisher, Jordan foi inspirada por um aparente contato com o sobrenatural. Ela estava lutando para pensar no nome certo, e então pediu conselhos à sua falecida avó Mary enquanto deixava flores em seu túmulo. Poucos minutos depois de pedir conselhos em voz alta, Jordan, então grávida de sete meses e meio, passou por uma lápide marcada com ‘McEwan’.

A mãe falou sobre as inspirações por trás de cada nome dos filhos
A mãe falou sobre as inspirações por trás de cada nome dos filhos (Foto: Reprodução/YouTube)

Foi neste momento que ela ‘se sentiu eletrocutada’ e sabia que seu filho se chamaria McEwan, com o nome do meio da avo. Com seus gêmeos, Joss Jordan e Devereux Clarke, Jordan explicou que se inspirou depois de ouvir um podcast sobre crimes reais, que apresentava uma pessoa chamada Jocelyn. Jordan logo passou a gostar da versão abreviada do nome, que ela achou ‘meio legal’, adicionando seu próprio homônimo como nome do meio.

Devereux, entretanto, recebeu o nome de um amigo da família, com o nome do meio Clarke também sendo o nome do meio de seu pai. Curiosamente, Jordan havia escolhido nomes de bebês muito antes de se tornar mãe, com o nome Mory June vindo para ela e seu marido durante uma viagem no Oregon, antes de se casarem. Ao discutir nomes de bebês hipotéticos, o marido de Jordan disse que gostou do nome Moriah para uma menina, com Mory para abreviar. Depois de dar as boas-vindas à sua própria Mory ao mundo, eles deram a ela o nome do meio de June, em homenagem à avó dele.

O filho mais velho de Jordan, Brandtsen Hutchings, mais conhecido como ‘Hutch’ para o resto da família, originalmente se chamaria Boston, mas a inspiração logo surgiu durante uma viagem para o trabalho quando ela ‘imaginou seu nome Brandt com um -sen no final’. Hutchings foi concebido como uma homenagem ao avô de seu pai, com Hutch grudado porque, como a própria Jordan admitiu, ‘ninguém pode pronunciá-lo, há um d e um t silenciosos, é muito confuso’.

Beck Avon recebeu o nome de dois avôs diferentes, enquanto a filha Daivy Kaye acabou com uma mistura de duas escolhas de nomes favoritos de sua mãe. Jordan estava originalmente interessada em Daisy ou Navy para sua filha, e a inspiração veio depois que ela ouviu alguém se apresentar com o sobrenome Davies. Kaye é tirado do nome do meio da mãe de Jordan.

Os seguidores ficaram fascinados com essa visão da história da família Page, com uma pessoa maravilhada: “Você tem histórias tão interessantes para todos os seus nomes. ” Outro disse: “Adoro o quanto os nomes de família entraram em jogo ao colocar seu próprio toque pessoal neles! Todos os nomes deles são tão doces e únicos”.