Mãe defende que avós devem ser pagos para cuidar dos netos: “Ter pais ajudando é um luxo”

Uma mãe deu seu relato contando sobre a experiência que teve com os pais ajudando a cuidar dos netos

Resumo da Notícia

  • Uma mãe defendeu a ideia de que avós devem ser pagos para olhar os netos
  • Segundo a mãe muitos avós deixam de fazer coisas importantes por causa dos netos
  • Um caso aconteceu na Nova Zelândia

Os avós são a chave para a história da família – geralmente começando com histórias sobre você quando criança. Não as histórias constrangedoras de quando você era pequeno – mas como a vez em que você cortou o próprio cabelo com a tesoura da cozinha ou empurrou sua irmã e quebrou o braço dela.

-Publicidade-

Os avós adoram compartilhar essas histórias e os netos adoram ouvi-las. Para nossos filhos, os avós são tão importantes para eles quanto seus próprios pais. Isso significa que se deve esperar que os avós ajudem com as creches? E se o fizerem, eles devem ser pagos?

Uma mãe fez um relato online onde contou a experiência dela com a ajuda dos pais na criação dos filhos. A mulher tomou a iniciativa de abrir o coração na internet após ouvir que uma avó na Nova Zelândia cobrou para ficar de olho nos netos, isso gerou polêmica no país, mas para essa mãe isso não passa de uma obrigação que todos deveriam refletir sobre.

“O custo crescente dos cuidados com os filhos, é claro, torna difícil para as mães voltarem a trabalhar, mas os avós aposentados ajudam exatamente para tirar esse peso das costas do filho (a). Cuidar dos netos deve ser uma escolha que os avós fazem, não algo que eles se sintam obrigados a fazer ou pressionados a fazer, e os avós que ainda estão trabalhando, provavelmente o fazem porque precisam, portanto, não se deve esperar que deem isso sem algum suporte financeiro.”, começou a mãe.

Os avós deveriam ser pagos para olhar os netos?
Os avós deveriam ser pagos para olhar os netos? (Foto: Getty Images)

“A Saga, seguradora de viagens e seguros para maiores de 50 anos, anunciou que vai introduzir uma semana de férias remuneradas para os funcionários em comemoração ao nascimento de um neto. Dizem que o fazem em “reconhecimento ao papel dos avós em suas famílias e na sociedade”.

“Esta é uma ótima ideia, e se eles podem valorizar o papel dos avós, os pais também não deveriam? Como mãe de bebês prematuros, ter meus próprios pais (recém-aposentados) por perto para nos apoiar foi de grande ajuda, para nós e para eles. É algo pelo qual serei eternamente grata. Meus sogros, embora ainda trabalhando, tiveram que conciliar trabalho com nos ajudar.”

“ Ter seus netos em casa foi estressante e preocupante para eles também, e se eles tivessem a chance de tirar uma semana de férias remuneradas, eu acho que eles teriam aproveitado. Independentemente de saber se o seu bebê é prematuro, ter seus pais prestes a compartilhar a alegria e ajudar durante as primeiras semanas é um luxo que – se puder – você deve aproveitar. Não só para você, mas também para os avós.”

“Veja, há algo muito especial em se tornar um avô e diz-se que os netos são a maior alegria da vida. Um estudo recente chegou a sugerir que as avós podem estar mais emocionalmente ligadas aos netos do que aos próprios filhos. Portanto, se você acha que sua mãe ama seus filhos mais do que você, a ciência pode apoiá-lo!”, finalizou a mãe.