Mãe desabafa sobre comentários ao seu corpo pós-parto: “Eu me sentia fraca e esgotada”

Laura Aubusson passou por crises de estresse depois de dar à a luz ao segundo filho e perdeu 20 kg em poucos meses – mais do que havia ganhado durante a gestação

Resumo da Notícia

  • Uma mãe usou o fórum do Kidspot para contar a sua péssima experiência com a opinião alheia em relação ao seu corpo pós-gravidez
  • Laura Aubusson passou por crises de estresse depois de dar à a luz ao segundo filho
  • A australiana perdeu 20 kg em poucos meses - mais do que havia ganhado durante a gestação

Uma mãe usou o fórum do Kidspot para contar a sua péssima experiência com a opinião alheia em relação ao seu corpo pós-gravidez. Laura Aubusson passou por crises de estresse depois de dar à a luz ao segundo filho e perdeu 20 kg em poucos meses – mais do que havia ganhado durante a gestação. O que a incomodou foi a quantidade de elogios que recebeu enquanto a perda de peso tinha causas emocionais e psicológicas.

-Publicidade-
Laura desabafou sobre a situação que passou após dar à luz (Foto: Arquivo Pessoal)

“Quando estava grávida do meu segundo filho, engordei muito. Quando ele tinha cinco meses, eu tinha perdido tudo e mais um pouco. Principalmente por causa de um bebê que começou a se alimentar durante toda a noite e do estresse de estar em isolamento”, conta. Ela disse que as roupas que usava antes da gestação estavam largas e a pele de todo o corpo estava flácida. “Foi perceptível, por isso as pessoas sentiram que era importante me contar sobre isso, algumas com elogios, outras com instruções vigorosas para comer mais”, diz.

A mãe emagreceu 20 kg após ter o segundo filho (Foto: Arquivo Pessoal)

O que os amigos e familiares associaram com uma “boa-forma”, não era nada do que parecia, segundo Laura. Na verdade, como ela conta, era um das suas piores fases. “Poucas pessoas perguntaram como eu estava me sentindo. Muitos interpretaram minha perda de peso como se eu estivesse em forma e saudável. Para ser verdade, eu me sentia fraca e esgotada”, relata.

-Publicidade-

Laura também confessou que esse é um assunto tão delicado que pode ter consequências perigosas – ela disse que esses elogios ao corpo fazem muitas mães acharem que vão voltar a ter a mesma aparência de antes e que isso “não é possível”. “Para a nova mãe que tem lutado com uma imagem corporal ruim, baixa autoestima ou distúrbios alimentares, esses comentários comparando sua aparência antes e depois da gravidez podem ser suficientes para causar danos durante um período em que o risco de depressão e ansiedade pós-parto é alto”, explica.

Laura diz que os comentários são perigosos (Foto: Arquivo Pessoal)

Nas fotos compartilhadas pela australiana é possível ver que o seu “depois” está dentro do um padrão de magreza da sociedade atual. Mas ela está lutando para que isso deixe de ser sinônimo de saúde: “Minha aparência não mostra como estou lidando com as noites sem dormir, a dor nos mamilos, a carga mental, a culpa ou os hormônios.Meu tamanho não diz o quão saudável estou emocionalmente ou mesmo fisicamente”, diz Laura.

-Publicidade-