Mãe descobre câncer terminal após médico garantir que nódulo na mama era efeito da amamentação

O caso aconteceu na Inglaterra. Uma mãe notou a presença de um nódulo na mama, mas assim que foi para o médico especialista, ele se recusou a passar exames para a mulher, o que agravou o caso

Resumo da Notícia

  • Na Inglaterra, uma mãe notou a presença de um nódulo na mama
  • O médico mastologista se recusava passar exames a ela
  • Quando a mãe finalmente fez uma biópsia e mamografia, descobriu que estava com câncer terminal

Uma mãe descobriu que estava com câncer terminal após encontrar um nódulo na mama e médicos se recusarem a fazer mais exames.

-Publicidade-
A mãe de dois filhos descobriu que estava com câncer terminal
A mãe de dois filhos descobriu que estava com câncer terminal (Foto: Getty Images)

Faye Downing é uma mãe britânica de 25 anos e estava amamentando na época em que descobriu a doença. Ela notou que um nódulo surgiu na mama  e foi logo ao clínico geral da família. Ela foi instruída a procurar um mastologista, mas o mesmo se recusou a fazer uma biópsia ou mamografia, alegando que Faye era muito nova. Após isso, a família de Faye contou para o Yorkshire Live que o nódulo continuava a crescer.

Em um retorno para consultar esse crescimento anormal, o mastologista disse que esse era um resultado da amamentação de um bebê recém-nascido. A condição de Faye continuou piorando até que o maior medo dela se tornou realidade após uma biópsia e mamografia. O diagnóstico de câncer foi dado no início da pandemia, e agora, com 29 anos, ela descobriu um tumor no cérebro.

A mãe descobriu o câncer terminal após o médico se recusar a passar exames diversas vezes
A mãe descobriu o câncer terminal após o médico se recusar a passar exames diversas vezes (Foto: Reprodução/ Manchester Evening News)

A mãe de duas crianças passou por diversas sessões de quimioterapia que não obtiveram sucesso, e a irmã de Faye, Hannah, de 36 anos, comentou sobre o caso: “Ela já passou por muita coisa, e mesmo após descobrir que o câncer se espalhou para outras partes do corpo, ela continua lutando e sendo corajosa por seus filhos”. Contudo, os médicos diagnosticaram o câncer como terminal, e a família recebeu a notícia de que o Natal deste ano seria o último dela com os filhos: “Ela recebeu a notícia de que esse Natal seria o último dela com as suas crianças”.