Mãe fala sobre a importância de não excluir os colegas quando for entregar convites de aniversário na escola

A publicação viralizou e gerou diversas opiniões sobre o assunto

Resumo da Notícia

  • Uma mãe deixou a opinião sobre entregar convites de aniversário na escola
  • Para ela, se for entregar no ambiente escolar, é necessário convidar todos os colegas
  • Ela disse isso para que nenhuma criança se sinta excluída

Na última semana, uma mãe usou as redes sociais para deixar sua opinião a respeito de entregar convites de aniversário na escola. Ela acredita que, para que outras crianças não se sintam excluídas, seria interessante levar convites para todos os alunos da turma.

-Publicidade-

“É por isso que eu sempre digo: se você vai convidar os amigos da escola para a festa do seu filho, precisa levar convite para todos os alunos da sala”, afirmou ela. A mãe também ressaltou que, se não houver condições de convidar todas as crianças, o convite poderia ser feito fora do ambiente escolar, ou em um local onde os colegas não tenham ciência sobre o assunto.

Mãe desabafa sobre convidar crianças para aniversários no ambiente escolar
Mãe desabafa sobre convidar crianças para aniversários no ambiente escolar (Foto: Reprodução / TikTok / @Jessmartini)

“Na maioria das vezes, as crianças que ficam de fora da maioria das festas são as que têm uma vida doméstica realmente difícil ou as com atrasos de desenvolvimento e deficiências”, disse. Ela ressaltou que a sugestão é para proteger o emocional daquelas que nunca foram convidadas para nenhuma festa.

Ela iniciou o assunto, após analisar publicações de pessoas compartilhando histórias pessoais. Como nunca terem sido convidadas para festas ou por serem deixadas de lado em outras ocasiões.

“Para algumas crianças, a vida é injusta desde o nascimento. E tudo o que você está fazendo ao mostrar que não a está convidando para festas é esfregar sal nessa ferida. É mais uma coisa da qual eles sabem que não fazem parte, mais uma experiência de infância que estão perdendo”, disse, respondendo comentários afirmando que as crianças precisam aprender que a vida não é justa.

“Se uma das crianças que geralmente é excluída aparecer na sua festa, certifique-se de que ela se sinta incluída. Já está na hora de pararmos de dar ‘lições’ de desapontamento e começarmos a ensinar bondade e inclusão”, concluiu.

A publicação viralizou e gerou diversos comentários dos seguidores. “Você nunca esquece quando é intencionalmente deixado de lado, principalmente quando você é o único que foi ignorado”, escreveu uma pessoa. “Nosso trabalho como pais é proteger nossos próprios filhos. Nosso trabalho como adultos é proteger todas as crianças, não apenas as nossas”, disse uma mãe. “Sim, muitas vezes a vida não é justa. Mas porque alguém quer ser a pessoa que torna a vida injusta para uma criança?”, afirmou outra.