Família

Marcos Mion revela como superou barreira com o filho autista em vídeo emocionante

"A evolução é possível! Autismo não é doença", declarou o apresentador

Jennifer Detlinger

Jennifer Detlinger ,Filha de Lucila e Paulo

(Foto: Reprodução/Instagram @marcosmion)

(Foto: Reprodução/Instagram @marcosmion)

Marcos Mion é pai de Romeo, de 13 anos, Donatella, 10 anos, e Stefano, de 8 anos. Neste domingo (30), o apresentador publicou um vídeo onde aparece com o filho mais velho, trocando carinhos. Romeo é autista e Mion sempre falou abertamente sobre a condição do filho, compartilhando dicas e depoimentos com outras famílias.

romeomion

Desta vez, ele publicou um lindo texto falando sobre como venceu um dos maiores desafios do autismo: “evitar e não gostar do toque e do enlace”. Para ele, a resposta foi o amor. “Que amor foi esse? Foi uma força maior que tudo que me guiava para segurar o Romeo, pequeno em meus braços, quando ele não queria nenhum tipo de abraço. Sabe quando você “ativa” o amor e consegue sentir o coração quente enquanto ele emana uma energia de amor? Já tentou fazer isso? Juro que dá! Era sentindo isso que eu o segurava em meus braços e ia acalmando o nervoso que ele sentia”, relatou.

Romeo, Donatella e Stefano, filhos de Suzana Gullo e Marcos Mion (Foto: Reprodução/ Instagram @marcosmion)

Romeo, Donatella e Stefano, filhos de Suzana Gullo e Marcos Mion (Foto: Reprodução/ Instagram @marcosmion)

Ao decorrer do texto, o apresentador deixou também um conselho e motivação para outros pais de crianças autistas. “Fui parado muitas vezes na rua por pessoas que passam pelo mesmo e que encontraram no meu depoimento a força e motivação pra lutar. E por que quem tem uma criança especial tem que lutar? Por que a evolução é POSSÍVEL! Autismo não é uma doença, é uma condição neuro comportamental, isso quer dizer que pode evoluir ou regredir. E uma parte da evolução depende de profissionais capacitados, mas a maior parte, os grandes responsáveis, são os pais! Esses tem que colocar tudo de lado e se entregarem a cuidar e encarar o presente que Deus deu”,  aconselhou.