Família

Mauricio de Sousa ilustra obras de Monteiro Lobato: “É um reencontro. Comecei a ler com os livros dele”

O Dia Nacional do Livro Infantil, 18 de abril, foi escolhido em homenagem ao aniversário do autor

Marina Paschoal

Marina Paschoal ,Filha de Selma e Antônio Jorge

Mauricio de Sousa com a Turma da Mônica e o livro Sítio do Pica-Pau Amarelo e a edição da Pais&Filhos de abril, ambas ilustrada por ele (Foto: Pais&Filhos)

Você com certeza leu algum livro de Monteiro Lobato ou acompanhou a história de Narizinho no Sítio do Pica-Pau Amarelo. Para homenagear o autor, sua data de nascimento, 18 de abril, virou o Dia Nacional do Livro Infantil – e a novidade é a parceria com Mauricio de Sousa.

Os livros “Narizinho arrebitado” e “Sítio do pica-pau amarelo” os personagens ganharam traços (e personagens) muito familiares ao da Turma da Mônica depois das ilustrações de Mauricio. “Esse é um reencontro. Eu comecei a ler com as obras de Lobato e agora posso realizar esse sonho”, ele contou em entrevista exclusiva à Pais&Filhos. Na capa dos livros o que chama a atenção primeiro é o desenho do rosto meio a meio do autor e do cartunista.

Mauricio de Sousa com os dois livros de releitura de Monteiro Lobato (Foto: Pais&Filhos)

E essa não foi a primeira vez que Mauricio teve a oportunidade de fazer a releitura. Há muitos anos o cartunista recebeu o convite para modernizar os personagens de Lobato, mas se recusou. “Eu tive um acesso de respeito pela obra do Lobato e pensei que eu não podia mexer no que estava feito, era uma coisa sagrada para mim e não podia mudar. Tinha que ser do jeito que eu conheci e me acostumei a ver”, ele justifica.

Mauricio de Sousa ilustra livro de Monteiro Lobato, “Narizinho Arrebitado” (Foto: Acervo Pais&Filhos)

Mauricio de Sousa ilustra livro de Monteiro Lobato, “Sítio do Pica-Pau Amarelo” (Foto: Divulgação)

Com a liberdade de direitos autorais das obras de Monteiro Lobato, várias versões estão prestes a surgir e, por isso, Mauricio entendeu que este era o momento. “Achei que o trabalho ficou muito bonito”, ele observa.

Leitor voraz 

Mauricio de Sousa começou a ler com as obras de Lobato. “Eu sabia até de cor os trechos das histórias e foi assim que aprendi a ler livro, porque antes eu só lia gibi”, ele conta. “Depois disso, eu desembestei, comecei a ler um livro por dia“.

Leia também

6 formas de fazer seu filho se apaixonar por leitura

No Dia Internacional do Livro, confira nossas dicas de leitura!

4 dicas para tornar o momento da leitura bem mais divertido