Menino chora em pleno aniversário após receber surpresa das aplicadoras da vacina contra Covid-19

Acompanhado pela mãe e pela irmã caçula, Alex Saymon Medeiros não segurou a emoção na data especial após finalmente estar imunizado contra o vírus

Resumo da Notícia

  • Um menino ficou emocionado em pleno aniversário
  • Ele recebeu uma surpresa das aplicadoras da vacina contra Covid-19
  • Além dele, outras 50 crianças receberam hoje a primeira dose do imunizante

Dia de festa! Nesta quarta-feira, 09 de fevereiro, Alex Saymon Medeiros completou 11 anos de vida. Para comemorar a data tão especial, o menino recebeu um presente inesquecível: durante a aplicação da 1º dose da vacina contra a Covid-19, as aplicadoras fizeram uma surpresa para a criança ao cantarem todas juntas o Parabéns Pra Você.

-Publicidade-

“Foi um presente para mim. É legal se vacinar porque agora sei que não vou perder a minha vida. E tomara que os outros se vacinem para que eles não percam a vida para o coronavírus também”, disse emocionado Alex Saymon para o portal de notícias do g1.

Alex Saymon Medeiros se emocionou ao receber a vacina em pleno aniversário
Alex Saymon Medeiros se emocionou ao receber a vacina em pleno aniversário (Foto: Reprodução Matheus Castro/g1)

Além do menino, quem também celebrou a cena foi a mãe Clarisse Medeiros, que assume ter ficado aliviada com a imunização dos filhos.
“É uma emoção, uma segurança e um alívio saber que meus filhos vão ser imunizados, fora de risco, né? Porque a gente sabe que a situação está grave e eu não quero perder eles para essa doença. Ter os dois imunizados é um alívio. Só fica faltando uma”, disse ela, que levou ainda Alexia, de 9 anos, para receber a vacina.

Outras 50 crianças da Comunidade Bela Vista do Jaraqui, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Puranga Conquista, no estado de Amazonas, foram vacinadas hoje. Alex e sua irmã foram um dos beneficiados da campanha de imunização contra a Covid-19 para crianças ribeirinhas, criada pela Secretaria de Saúde.

A campanha espera imunizar mais de 20 mil crianças, segundo Djalma Coelho, subsecretário de gestão em saúde da capital. O gestor ressaltou ainda a importância dos pais vacinarem seus filhos. “Busquem o Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (Crie), perguntem se tem alguma miocardia provocada comprovada pela aplicação da vacina. Busquem o Crie e perguntem se tem um óbito provocado pela aplicação da vacina”, alertou.