Criança que nasceu com má-formação congênita realiza sonho de ser policial por um dia

Ygor estava internado quando descobriu que viveria como policial por um dia

Resumo da Notícia

  • Ygor se tornou policial por um dia
  • O menino estava internado quando descobriu que iria realizar o sonho
  • Ele planeja se tornar comandante quando crescer

Sonho realizado! Na última quarta-feira, dia 08 de dezembro, Ygor Leandro do Nascimento Silva conseguiu se tornar por um dia aquilo que mais desejava: um policial militar aos 8 anos de idade. O menino, que nasceu com uma má-formação congênita, provou ainda para todos que nenhuma dificuldade deve ser barreira para superar os desafios da vida.

-Publicidade-

A mãe de Ygor, Tanize Brumate do Nascimento Silva, explicou sobre o quadro clínico do filho que, por conta da saúde debilitada, já precisou enfrentar duas cirurgias, colocou válvula artificial, ficou hipertenso e precisará controlar a cardiopatia para o resto da vida. Além disso, o menino nasceu com problemas no rim e na bexiga, estado que acaba frequentemente o levando a ficar internado no hospital.

Ygor não acreditou que conheceu os policiais
Ygor não acreditou que conheceu os policiais (Foto: Reprodução TV Gazeta)

A última delas aconteceu no dia 26 de novembro, devido uma infecção urinária. Entretanto, dessa vez uma assistente social que trabalha onde o garoto estava internado, descobriu a admiração dele pela polícia, e resolveu fazer contato com o tenente-coronel Loureiro, que trabalhou com o pai dela, para combinar uma visita surpresa. “É tão difícil a rotina de quem costuma ficar internado, que esse momento foi para trazer leveza ao coração”, lembrou a mãe sobre o momento mágico.

Os policiais surpreenderam o menino ao entrarem no quarto dele, e de tão especial que foi o encontro Ygor, que não tinha nenhuma previsão de alta, acabou sendo liberado para visitar as dependências da PM. “Esses momentos trazem muita satisfação para a corporação. É muito bom ver que você inspira, mexe com o imaginário das crianças. O trabalho do policial militar é difícil, desgastante, e esse contato ajuda deixar o dia mais leve e aproxima as pessoas da figura do policial militar”, contou o tenente-coronel com exclusividade ao G1.

No dia do passeio, a criança montou um dos cavalos do projeto de equoterapia, que atende a comunidade de graça e ajuda crianças, e também assistiu de camarote o treinamento dos cães policiais. “Eu não sabia que cavalo usava tênis. Agora que eu vi aquele tênis de ferradura. Eu estava preocupado, porque fico com dó. Achei da hora, até que ele é bem mansinho”, respondeu a criança que disse ainda que quando finalmente crescer irá realizar o sonho de se tornar um comandante.

O menino aproveitou o dia especial
O menino aproveitou o dia especial (Foto; Reprodução TV Gazeta)