“Não subestimem o coronavírus!”, alertam italianos

Uma gravação de avisos de italianos sobre o coronavírus ganhou bastante repercussão nas redes

Resumo da Notícia

  • Italianos alertam as pessoas
  • Número de pessoas contagiadas cresce cada vez mais
  • Devemos seguir as recomendações

Italianos realizaram um vídeo sobre o coronavírus e ganhou bastante repercussão nas redes. No vídeo, os Italianos alertam aos espectadores a não subestimarem o vírus, pois ele se espalha de maneira rápida e fácil. A Itália registrou nesta terça-feira (17),  2.503 mortes confirmadas no país, o número de casos confirmados da covid-19 está, atualmente, em mais de 26 mil pacientes – segundo o Uol

-Publicidade-

No Brasil, o país contabiliza 291 casos confirmados da doença causada pelo novo coronavírus e foi registrado nesta terça-feira (17) a primeira morte por coronavírus. O homem de 62 anos, que foi o primeiro brasileiro a morrer vítima da covid-19, tinha diabetes e hipertensão, duas doenças que, somadas à idade, colocavam o paciente no chamado grupo de risco. Para comparação, no 20º dia após seus primeiros casos, Itália e Espanha tinham, respectivamente, 3 e 2 diagnósticos confirmados, porém alavancaram após essa data.

O número absoluto de casos faz bastante diferença em uma epidemia como a do coronavírus, pois seu crescimento é grande, e como consequência há uma tendência de mais casos graves e mais mortes. Porém não devemos criar pânico, devemos seguir as restrições que vêm sendo indicadas -se alertando com as fake news– se mantendo isolados de aglomerações, para as pessoas que viajaram, o isolamento de sete dias, só é recomendado para pessoas com diagnóstico confirmado e contatos próximos, caso contrario se manter em quarentena é a melhor opção.

-Publicidade-

 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

 

 

-Publicidade-