ONU divulga lista de livros infantis ligada aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

O Clube de Leitura ODS selecionou 175 obras que trabalham temáticas ligadas ao projeto da Agenda 2030, como igualdade de gênero e redução das desigualdades sociais

Resumo da Notícia

  • A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou, na última quinta-feira (10) as obras escolhidas para compor o Clube de Leitura Objetivos do Desenvolvimento Sustentável
  • Em parceria entre o Brasil e Portugal, o objetivo do projeto global é repercutir, por meio de livros infantis e juvenis, temáticas ligadas aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável
  • Ao todo, foram inscritas mais de mil obras infantis e infantojuvenis indicadas para leitores entre 6 e 12 anos

A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou, na última quinta-feira (10) as obras escolhidas para compor o Clube de Leitura Objetivos do Desenvolvimento Sustentável! Em parceria entre o Brasil e Portugal, o objetivo do projeto global é repercutir, por meio de livros infantis e juvenis, temáticas ligadas aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, uma das iniciativas da Agenda 2030 da ONU.

-Publicidade-

Ao todo, foram inscritas mais de mil obras infantis e infantojuvenis indicadas para leitores entre 6 e 12 anos, dos quais foram escolhidos pela FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) 175 para integrar o Clube de Leitura. Os títulos foram divididos em 17 categorias: (1) Erradicação da pobreza, (2) Fome zero e agricultura sustentável, (3) Saúde e bem estar, (4), Educação de qualidade, (5) Igualdade de gênero, (6) Água potável e saneamento, (7) Energia limpa e acessível, (8) Trabalho decente e crescimento econômico, (9) Indústria, inovação e infraestrutura, (10) Redução das desigualdades, (11) Cidades e comunidades sustentáveis, (12) Consumo e produção sustentáveis, (13) Ação contra a mudança global do clima, (14) Vida na água, (15) Vida terrestre, (16) Paz, justiça e instituições eficazes e (17) Parcerias e meios de implementação.

ONU divulga lista de livros infantis ligada aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (Foto: Shutterstock)

Vão fazer parte do Clube de Leitura obras como Da minha janela, de Otávio Júnior (Companhia das Letrinhas), A água e a águia (Companhia das Letrinhas), de Mia Couto, Enreduana, de Roger Mello e Mariana Massarani (Companhia das Letrinhas), Malala: Pelo direito das meninas à educação, de Raphaele Frier e Aurélia Fronty (Pequena Zahar), Eu sou uma noz, de Beatriz Oses (Escarlate), A garrafa, de Patricia Auerbach, entre muitos outros.

Apoiada em temas fundamentais para o desenvolvimento das crianças e dos jovens, a lista, que está disponível no site da ONU, vai funcionar também como referência para educadores, pais e responsáveis por crianças em toda a comunidade do Brasil e Portugal. Para conferir a lista completa das obras brasileiras selecionadas, clique aqui.

Erradicação da pobreza:

  • Da minha janela, de Otávio Júnior (Companhia das Letrinhas)

  • Eu sou uma noz, de Beatriz Oses (Escarlate)

Educação de qualidade:

  • Direitos do pequeno leitor, de Patricia Auerbach e Odilon Moraes (Companhia das Letrinhas)

  • Pequeno manual de peixes marinhos e outras maravilhas aquáticas, de Beatriz Chachamovits (Companhia das Letrinhas)

Igualdade de gênero:

  • ABCDelas, de Janaina Tokitaka (Companhia das Letrinhas)

  • Coisa de menina, de Pri Ferrari (Companhia das Letrinhas)

  • Coisa de menino, de Pri Ferrari (Companhia das Letrinhas)

  • Contos de sacisas, de José Roberto Torero

  • Enreduana, de Roger Mello e Mariana Massarani (Companhia das Letrinhas)

  • Eu sou uma menina, de Yasmeen Ismail (Companhia das Letrinhas)

  • Malala e seu lápis mágico, de Malala Yousafzai (Companhia das Letrinhas)

  • Malala: pelo direito das meninas à educação (Pequena Zahar), de Raphaele Frier e Aurélia Fronty

  • Rônia, a filha do bandoleiro, de Astrid Lindgren (Companhia das Letrinhas)

Trabalho decente e crescimento econômico:

  • Meu pai, o grande pirata, de Davide Cali (Pequena Zahar)

Redução das desigualdades

  • A guerra do pão com manteiga, de Dr. Seuss (Companhia das Letrinhas)

  • Nós, uma antologia de literatura indígena, de Aline Ngrenhtabare L. Kayapó et al. organizada por Maurício Negro (Companhia das Letrinhas)

Consumo e produção responsáveis

  • A garrafa, de Patricia Auerbach (Brinque-Book)

  • Carona, de Guilherme Karsten (Companhia das Letrinhas)

  • Ecologia até na sopa, de Mariela Kogan e Ileana Lotersztain (Companhia das Letrinhas)

  • O Lórax, de Dr. Seuss (Companhia das Letrinhas)

Ação contra a mudança global do clima:

  • O amuleto da chuva, de Maté (Escarlate)

Vida na água:

  • Ludi vai à praia: a odisseia de uma marquesa, de Luciana Sandroni e Eduardo Albini (Escarlate)

Vida Terrestre:

  • Brasileirinhos, de Lalau e Laurabeatriz (Companhia das Letrinhas)

  • Brasileirinhos da Amazônia, de Lalau e Laurabeatriz (Companhia das Letrinhas)

  • Cobra-tatu, de Rodrigo Naves e Luisa Amoroso (Companhia das Letrinhas)

  • Ludi na Floresta da Tijuca, de Luciana Sandroni (Escarlate)

  • O mistério do colecionador, de Milton Célio de Oliveira Filho (Escarlate)

  • Poemas da minha terra Tupi, de Maté (Brinque-Book)

  • A água e a águia, de Mia Couto e Danuta Wojciechowska (Companhia das Letrinhas)

Paz, justiça e Instituições eficazes:

  • Mustafá, de Marie-Louise Gay (Brinque-Book)

  • O conto do carpinteiro, de Iban Barrenetxea (Companhia das Letrinhas)