Pais enviam “Bebês de arroz” para familiares que não puderam conhecer recém-nascidos devido à pandemia

Isso mesmo, a ideia é que os pacotes tenham o mesmo peso e comprimento de seus filhos

Resumo da Notícia

  • Para que as família possam conhecer os novos bebês, os pais de recém-nascidos japoneses estão enviando sacos de arroz;
  • Isso mesmo, a ideia é que eles tenham o mesmo peso e comprimento de seus filhos;
  • Muitos japoneses curtiram a ideia.

Para que as família possam conhecer os novos bebês, os pais de recém-nascidos japoneses estão enviando sacos de arroz com o mesmo peso e comprimento de seus filhos para familiares que não podem visitá-los por causa da pandemia. 

-Publicidade-

Algumas empresas que oferecem o produto cobram um iene por grama, com um pacote de 3 kg custando 3 mil ienes, cerca de R$140. “Tive a ideia há cerca de 14 anos, quando meu filho nasceu, e pensei no que poderia fazer pelos parentes que moravam longe e não podiam ir vê-lo”, disse Naruo Ono, dono da loja de arroz Kome no Zoto Yoshimiya em uma nota à imprensa local.

Bebês pacotes de arroz (Foto: Reprodução/ Instagram)

Ele ainda continuou: “Decidi fazer pacotes de arroz com o mesmo peso e formato do bebê, para que os familiares pudessem segurá-lo e sentir a fofura”. Após a criança de arroz ter sido criada, o sucesso foi gigantesco entre os pais.

Foi então que Naruo decidiu comercializar o pacote personalizado e, atualmente, recebe pedidos de famílias do Japão inteiro. Os pacotes de arroz carregam além do peso e formatos da criança, uma foto – para que a identificação seja o mais real possível.

Bebês pacotes de arroz (Foto: Reprodução/ Instagram)