Polícia investiga mulher que jogou bebê em córrego no litoral

A mulher está sendo acusada de jogar um bebê dentro de uma sacola em um córrego no litoral sul de São Paulo. Câmeras de segurança flagraram o momento em que a suspeita arremessa a sacola

Resumo da Notícia

  • Mulher é acusada de matar bebê ao jogar ele em córrego
  • Câmeras de segurança flagraram o momento em que a suspeita joga o bebê
  • E o corpo do bebê, ainda com o cordão umbilical, foi encontrado em um canal do litoral de SP

Uma mulher está sendo acusada de arremessar um bebê que foi colocado dentro de uma sacola em um dos canais da Praia Grande, litoral de São Paulo. A sacola foi encontrada por um trabalhador na última segunda-feira, 25 de julho.

-Publicidade-

O saco foi visto pela última vez na Avenida Dr Roberto de Almeida Vinhas, no bairro Princesa, no litoral. Conforme informações da polícia, dadas para o G1, uma câmera de segurança flagrou a mulher jogando a sacola em um córrego e fugindo de bicicleta.

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

A mulher suspeita foi vista com uma blusa de crochê. Já, a prefeitura de Praia Grande deu em nota que as imagens da câmera foram dadas para a polícia para ajudar nas investigações d não vão ser divulgadas para a imprensa.

O delegado Rodrigo Martins Lotti, que está cuidando do casos, disse que a polícia está esperando laudos técnicos sobre a idade do bebê e se era um feto ou não, pois estava com cordão umbilical ainda.

O Samu foi acionado e alegou que o bebê já havia falecido (Foto: Reprodução/ G1 Santos)

As autoridades alegaram que se for descoberto que o bebê era um feto, a ação será tratada como um aborto espontâneo, em que não teve nenhuma intervenção, ou aborto provocado, que seria um crime. Mas, se for provado que o bebê já tinha nascido, o caso será considerado como um infanticídio, ou seja, quando a mãe mata o feto no nascimento ou logo após ele.

Assista agora o POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso! Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.