Relato: “Disseram que o nome da bebê era terrível e que ela seria ameaçada de bullying”

Uma mãe contou no Reddit que resolveu homenagear o sogro e nomear a filha de “Clint”, um nome normalmente masculino. A decisão foi alvo de várias críticas da família e dos amigos nas redes sociais

Resumo da Notícia

  • Uma mãe postou no Reddit o nome que escolheu para a primeira filha
  • Depois de oficializar a certidão de nascimento, o casal perdeu a certeza que tinha sobre a decisão
  • O nome é uma homenagem ao pai do marido
 

Uma mãe postou um desabafo no fórum do Reddit que dividiu as opiniões dos usuários. A anônima contou que ela e o marido tiveram a primeira filha recentemente e que escolheram um nome muito especial para a bebê. O problema é que logo depois de oficializar a certidão de nascimento, o casal perdeu a certeza que tinha sobre a decisão. Isso por que era uma homenagem ao pai do marido – um nome masculino para uma pequena menina.

-Publicidade-
A mãe foi muito criticada pela atitude e recebeu diversos comentários dos internautas (Foto: Getty Images)

“Nós dois amamos o nome, mas recebemos muitas críticas dele nas redes sociais e de alguns amigos”, escreveu a mãe. O nome escolhido foi “Clint Annnabelle”. As críticas surgiram depois que o casal compartilhou o nome nas redes sociais, onde imediatamente eles receberam “muito ódio”, segundo a mulher. “Disseram que o nome da bebê era terrível e que ela seria ameaçada de bullying. Isso definitivamente nos fez reconsiderar”, desabafou.

Alguns internautas responderam a dúvida da mãe e deram a sua opinião. A maioria deles aconselhou o casal a trocar o nome e explicou o motivo da má escolha. “Alguns nomes podem ser usados ​​para ambos os sexos; Clint não é um deles. Você a está armando para o bullying no futuro”, pontuou um. “Pense nos formulários de emprego dela, toda papelada oficial durante anos. Mais importante, imagine você mesma crescendo com o nome ‘Clint’ como uma mulher e veja se você ainda o ama”, chamou a atenção outra. “Sou uma mulher com um nome incomum, predominantemente masculino. Não sei dizer quantas vezes disse a meus pais que odeio meu nome ou que eles devem me odiar por causa do meu nome” acrescentou outra.

-Publicidade-

-Publicidade-