Relato de pai: “Meu filho não reconhece o próprio nome porque chamo ele por apelido”

Em um relato no Reddit, os pais chegaram a cogitar autismo ou uma possível surdez

Resumo da Notícia

  • Um casal ficou perplexo ao reparar que o filho, um bebê de 10 meses, não atendia pelo nome;
  • Em um relato no Reddit, os pais chegaram a cogitar autismo ou uma possível surdez;
  • Contudo, durante as investigações, a família descobriu que o real motivo para a desfeita do filho era na verdade, o apelido.

Um casal ficou perplexo ao reparar que o filho, um bebê de 10 meses, não atendia pelo nome. Em um relato no Reddit, os pais chegaram a cogitar autismo ou uma possível surdez. Contudo, durante as investigações, a família descobriu que o real motivo para a desfeita do filho era na verdade, o apelido.

-Publicidade-

“Minha esposa e eu ficamos um pouco preocupados, ultimamente, porque nosso filho não responde ao seu nome. Não apenas inconsistentemente, mas quase nunca”, conta. “Posso ficar sentado ao lado de Gary por algum tempo, gritando repetidamente o nome dele e sou ignorado. O mesmo resultado para ela quando ela chama o nome dele também”, explica.

Bebê só atende por apelido (Foto: Freepik)

Contudo, após muitas especulações, o pai contou que ouviu a esposa chegar em casa e dizer: “’Olá cachorros! Olá bebês! E olá “garotão” !!!’”. Foi nesse momento que o pai percebeu uma movimentação,  e viu que o filho arrastava até sua mãe para um abraço de olá. “É a coisa mais fofa”, disse.

“De qualquer forma, a noite avançou, conversamos, comemos, fizemos a rotina. Mais tarde eles insistiram em chamar o filho de Gary.  “Ficamos desmoralizados. Eu implorei ‘Vamos, Garotão, você sabe o seu nome!’ … e ele olhou para cima com um sorriso no rosto, como se dissesse: “Umm, ok”.

Bebê só atende por apelido (Foto: Freepik)

Até que um dia, o pai se deu conta e começou a chamar o filho de “garotão” em vários momentos da rotina, e para sua surpresa, o bebê atendia com sorrisos. “Ocorreu a mim e à minha esposa ao mesmo tempo. Temos sido todos fofos chamando nosso filho com esse apelido desde o dia em que ele nasceu”, explicou.

Até que concluíram: “Não o treinamos para pensar que seu nome é Gary. Nós o treinamos para pensar que seu nome é garotão! ” No Reddit, o pai dedicado pediu conselhos sobre como eles deveriam corrigir isso e muitas famílias fizeram relatos – contudo, um internauta trouxe uma solução hilária: “Mude sua certidão de nascimento. Nomeie-o legalmente como garotão. É a solução mais simples”.