Wesley Safadão defende pastor que apareceu em vídeo abraçando criança: “Só faz o bem”

Depois de analisar as imagens, o público começou a acusar o pastor por assédio infantil

Resumo da Notícia

  • Nesta última segunda-feira, 26 de julho, a internet parou depois de um vídeo publicado no Instagram do cantor Wesley Safadão;
  • Nas imagens, o pastor André Vitor aparece abraçando uma criança por trás e sendo repreendido por ela logo após o momento do toque.
  • O sertanejo defendeu o homem nas redes sociais.

Nesta última segunda-feira, 26 de julho, a internet parou depois de um vídeo publicado no Instagram do cantor Wesley Safadão, em que o pastor André Vitor aparece abraçando uma criança por trás e sendo repreendido por ela logo após o momento do toque.

-Publicidade-

Depois de analisar as imagens, o público começou a acusar o pastor por assédio infantil, por ter supostamente tocado de forma inapropriada no corpo da garota menor de idade. Wesley Safadão e outros famosos saíram em defesa do pastor, e recentemente, o famoso falou mais.

Wesley Safadão relembra a emoção do nascimento da filha em declaração de aniversário (Foto: reprodução Instagram)

“Difícil dormir depois de um dia como esse. Mas meu Deus é quem cuida da minha vida e dos meus amigos preciosos”. Wesley postou ainda alguns vídeos em que André aparece pregando, dizendo que ele é uma pessoa boa: “Você é isso, meu irmão. Um filho de Deus que só faz o bem e leva a palavra por onde passa. Você é um profeta de Deus e todos nós te amamos e conhecemos”.

O artista apontou ainda sobre o ‘lado positivo’ da situação: “A gente consegue nessas situações identificar quem são os verdadeiros amigos. Ontem a gente teve grandes surpresas, surpresas boas, maravilhosas, de pessoas se posicionando, pessoas que conhecem o André Vitor há mais tempo, menos tempo”.

André Vitor se irritou com as acusações de pedofilia (Foto: Reprodução / Instagram)

Nesta última terça-feira, 27 de julho, a cantora Simone Mendes, veio ao Instagram novamente para defender o pastor André Vitor sobre as acusações de pedofilia e abuso de menor. “Eu não poderia deixar de vir aqui mostrar a minha cara para deixar bem claro o amor que tenho por essa vida, que é a vida do André. Ele é um menino que me ajudou inúmeras vezes em minha vida. Conheço o André há mais de quinze anos. Foi um cara que me ajudou muito em muitos momentos”, explica.