Simone defende pastor após polêmica em vídeo: “Amigo de muito tempo”

André Vitor está sendo acusado de abuso infantil depois de ter aparecido abraçando uma criança em registro publicado pelo cantor Wesley Safadão

Resumo da Notícia

  • André Vitor está sofrendo acusações de pedofilia
  • Simone já havia defendido ele antes
  • Veio novamente aos Stories falar sobre o assunto

Nesta última terça-feira, 27 de julho, a cantora Simone Mendes, veio ao Instagram novamente para defender o pastor André Vitor sobre as acusações de pedofilia e abuso de menor, após aparecer em um vídeo de Wesley Safadão abraçando uma criança, de uma forma que muitos consideraram indevida, durante uma festa.

-Publicidade-
Simone Mendes apareceu nos Stories para falar do assunto (Foto: Reprodução / Instagram)

Nos Stories, a cantora reforçou que acredita no amigo. “Eu não poderia deixar de vir aqui mostrar a minha cara para deixar bem claro o amor que tenho por essa vida, que é a vida do André. Ele é um menino que me ajudou inúmeras vezes em minha vida. Conheço o André há mais de quinze anos. Foi um cara que me ajudou muito em muitos momentos”, iniciou.

Ela também relembrou os momentos em que André já a apoiou: “Ele esteve comigo em minha primeira separação. Para quem não sabe, tive um relacionamento antigo antes do meu marido Kaká. Ele me ajudou muito, esteve presente no parto do meu filho, Henry. Esteve presente em momentos de dor, de alegria. É um cara que eu conheço a índole, que eu amo muito”.

E finalizou dizendo: “É meu amigo, meu irmão, eu confio nele. Eu confio nele. Sei que é um menino justo, menino íntegro, menino de Deus e muito amado. Então, estou passando aqui para deixar bem claro que estou do seu lado”.

Não foi a primeira vez

Essa não foi a primeira vez que Simone se pronunciou sobre o caso. Nesta última segunda-feira, 26 de julho, ela escreveu um texto no Stories do Instagram defendendo o pastor: “Quem te conhece sabe quem você é de verdade Dedé. Chega de tanta impunidade pra essa rede de ódio que distorce tudo que se faz e tenta criar situações tendenciosas com o único objetivo de destruir a vida das pessoas”.