Mulher se torna mãe após uma irmã doar óvulo e outra gerar bebê: “Quando ela nasceu foi surreal”

Sam Bryant, de 44 anos, teve a ajuda de Nikkita e Rachel para conseguir realizar o sonho de ter um filho. Até conseguir ter o filho nos braços, Sam passou por 14 fertilizações in vitro – todas frustradaas

Resumo da Notícia

  • Sam passou por um câncer de ovário em 2003
  • Mesmo tendo o útero preservado, não conseguiu ter filhos
  • As irmãs então decidiram ajudar

Sam Bryant, de 44 anos, teve 14 tentativas falhas em fertilização em vitro, mas conseguiu ser mãe depois que a irmã doou um óvulo e a outra se ofereceu para ser a barriga de aluguel. A moradora de Melbourne foi diagnosticado com câncer de ovário em 2003 e passou por seis meses de quimioterapia antes de, felizmente, entrar em remissão. Mas mesmo tendo sue útero preservado pelos médicos, ela não conseguiu sucesso em nenhuma das fertilizações que custaram mais de 525 mil reais.

-Publicidade-
Sam segurando Starla ao lado da irmã Nikkita (Foto: Reprodução / Daily Mail)

Ela trabalha como parteira e professora primária e é casada com Ben, de 45 anos. O casal tinha o sonho de ter um filho e viajaram para uma clínica de fertilidade na Espanha e aceitaram ofertas de amigos para doar seus óvulos, mas todos os esforços falharam. Com o psicológico já muito mexido, os dois achavam que não conseguiriam realizar a vontade de formar uma família, até que as irmãs de Sam, Rachel, de 40 anos, e Nikkita, de 27, trouxeram a esperança. Hoje o casal é pai de Starla, que é sobrinha biológica da mãe.

Rachel se ofereceu para carregar o bebê e Nikkita para doar os óvulos, e após uma tentativa fracassada, o trio ficou encantado ao descobrir que a segunda rodada de fertilização in vitro funcionou. Graças à ajuda de suas irmãs mais novas, Starla, agora com quatro anos, nasceu em 2017.  Sam disse: “Sempre fomos muito próximos, mas isso nos aproximou ainda mais. – Sou muito grato a ambos e não consigo nem explicar o quanto nos sentimos sortudos. Temos tanta sorte de ter Starla, nós a adoramos e apenas olhamos para ela todos os dias com espanto. Quando ela nasceu, foi surreal”.

“Minha mãe e meu pai são tão solidários e orgulhosos de como tudo acabou, porque poderia ter adquirido o formato de uma pêra. “Ela tem uma relação muito próxima com as tias. Elas sempre serão tias muito especiais. Eles aceitam que seu papel é como tias e não há empecilhos sobre o fato de que ela é a garota que Rachel deu à luz ou algo assim”, completa.

Rachel teve uma gravidez tranquila e saudável e as irmãs estavam do lado dela no momento do parto. Sam afirma que a experiência fez com que os laços com as irmãs ficassem mais fortes do que nunca, e que ambas podem ver a sobrinha sempre pois moram a menos de 20 minutos uma da outra

Sam comentou sobre as irmãs: “Rachel nasceu para ter filhos. Minhas irmãs foram as que sugeriram isso, elas disseram que já era o suficiente. Estávamos exaustos financeiramente e eu estava tomando muitos medicamentos para ajudar meu corpo a carregar um bebê, então eu estava muito doente. Eles disseram que queriam consertar e insistiram que eu abordasse o assunto com meu especialista em fertilidade, que disse que era uma ótima ideia. Fiquei um pouco desconfiado no início porque Nikkita era jovem, mas estamos mais próximos do que nunca”.

Starla nasceu e encantou a família (Foto: Reprodução / Daily Mail)

Ela ainda disse sobre como é a situação para a filha. “Starla já entende a situação, explicamos que a tia Nikkita deu um óvulo para a tia Rachel e ela ficou muito atenta”, explicou Nikkita acrescentou: “Eu queria desempenhar um papel em ajudar Sam e Ben a se tornarem pais e sabia que, ao fazer isso, Sam teria uma conexão biológica com a criança”.

‘Meus óvulos não estavam sendo usados ​​porque eram descartados pelo meu corpo uma vez por mês, então por que não colocá-los em bom uso? Ver Sam e Ben com Starla pela primeira vez proporcionou um sentimento avassalador de realização e eu me senti extremamente orgulhosa de Rachel por ser uma substituta campeã e irmã. Foi muito especial saber que Rachel e eu finalmente pudemos dar a Sam e Ben o desejo de ter uma linda família própria”, finalizou Nikkita.