Gravidez

Novo estudo diz que cachorros podem transmitir doenças a mulheres grávidas

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Não tem nada melhor do que ficar abraçado com seu amigo felpudo depois de um longo e exaustivo dia. Mas atenção! Mulheres grávidas devem ter cuidado, de acordo com um estudo publicado sobre doenças infecciosas emergentes da Universidade A&M do Texas. Depois de analisarem diversos casos, pesquisadores descobriram que a Brucelose – uma doença bacteriana que geralmente é contraída por porcos, ovelhas, cabras e gado – também pode estar presente em cachorros que não foram castrados.

A bactéria específica transmitida pelos cachorros contaminados é chamada Brucella Canis e as pessoas geralmente tem sintomas parecidos com os de gripe. Algumas outras manifestações podem ser a longo prazo, como artrite, sintomas neurológicos, fadiga crônica, inchaço do coração e dos testículos, de acordo com o Centro Americano para Controle e Prevenção de Doenças.

Mas calma! De acordo com os pesquisadores é difícil ser contaminado por essa doença. Uma mulher grávida teria que entrar em contato com a urina de um cachorro ou seus órgão reprodutores (ambos infectados com a bactéria) para se infectar. O risco é maior apenas para veterinários e pessoas que trabalham em abrigos de animais, ainda mais se a pessoa estiver com o sistema imunológico comprometido.

“Um adulto padrão e saudável provavelmente não contrairia essa doença a não ser que fossem expostos a uma concentração alta da bactéria”, explicou Martha Hensel, pesquisadora líder do estudo e veterinária na Universidade A&M do Texas, para o jornal HealthDay News.

Em matéria para a Popsugar, o Dr. Amesh Adalja, veterano do Centro para Segurança na Saúde Johns Hopkins, concordou que a bactéria de Brucelose pode causa problemas de saúde também em mulheres grávidas. “Essa doença é uma causa comum de abortos em animais e também está ligada a problemas fetais em mulheres que estão grávidas quando contraem a Brucelose – apesar de ser de uma forma bem mais fraca do que em outras espécies de animais”, explicou o doutor.

Mulheres grávidas que suspeitem ter sido expostas à Brucelose devem marcar uma consulta com seu médico para fazerem os exames necessários. Caso os resultados sejam positivos, o melhor tratamento indicado é, geralmente, o uso dos antibióticos – lembrando que eles devem ser indicados pelo médico.

 

Leia mais:

E agora? Temos um cachorro e o bebê está chegando!

Vídeo: cachorro ouve bebê chorar pela primeira vez e tem reação incrível!

10 fotos que provam que esse cachorro foi o melhor parceiro na hora do parto

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não