Coronavírus é encontrado em esgoto no Rio de Janeiro e cientistas explicam o motivo

Niterói é uma das únicas cidades que tem saneamento básico adequado e permite que o teste seja realizado com eficácia

Resumo da Notícia

  • Nesta terça-feira, 28 de abril, cientistas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) fizeram uma descoberta
  • Eles encontraram o vírus da Covid-19 em um esgoto de Niterói, no Rio de Janeiro
  • Isso quer dizer que o vírus se encontra com elevado grau de proliferação na ambiente
Coronavírus (Foto: Getty Images)

Nesta terça-feira, 28 de abril, cientistas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) revelaram que encontraram o vírus da Covid-19 em um esgoto de Niterói, no Rio de Janeiro. Isso quer dizer que o vírus se encontra com elevado grau de proliferação na ambiente.

-Publicidade-

A análise pode apontar o número de contaminação da população. “Se o material genético do vírus é detectável, é sinal de que existe uma contaminação expressiva na população. O vírus é excretado nas fezes dos infectados”, explica a chefe do Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental do IOC/Fiocruz e uma das autoras da pesquisa, Marize Pereira Miagostovich, em entrevista ao O Globo.

Os cientistas deixam claro que a descoberta não significa que o vírus da covid-19 possa ser transmitido pelo esgoto (Foto: Getty Images)

“A análise funciona ainda como instrumento de sentinela para identificar bairros e comunidades em que há aumento de casos, subnotificações e mesmo casos não registrados”, disse a engenheira sanitarista Camille Mannarino. Niterói é uma das únicas cidades que tem saneamento básico adequado e permite que o teste seja realizado com eficácia. Cidades como o Rio de Janeiro tem a rede de esgoto deficiente, o que inviabiliza a precisão dos testes.

-Publicidade-

Já era conhecido que o coronavírus pode estar presente nas fezes de alguns pacientes mas os cientistas deixam claro que a descoberta não significa que o vírus da covid-19 possa ser transmitido pelo esgoto.