Mulher finge ser fotógrafa e arma ensaio newborn para sequestrar bebê

Juliette Parker criou um grupo no Facebook e chegou a envenenar a mãe para que pudesse fugir enquanto a mãe dormia, mas foi impedida de concluir a ação pela polícia

Resumo da Notícia

  • Uma mulher nos Estados Unidos fingiu ser uma fotógrafa em início de carreira para dar um golpe
  • Ela criou um grupo no Facebook oferecendo ensaios newborn de graça com a intenção de sequestrar os bebês
  • Uma mãe aceitou a oferta e foi envenenada pela falsa fotógrafa. Por sorte, percebeu que algo estava estranho e ligou para a polícia antes de adormecer
A mãe conseguiu ligar para o 911 antes de adormecer (Foto: reprodução/YouTube)

As redes sociais trouxeram muitos benefícios, mas também necessitam de um cuidado redobrado, já que a tela esconde muita coisa. Juliette Parker usou esse lado da internet para tentar dar um golpe em famílias.

-Publicidade-

A mulher fingiu ser fotógrafa, criou um grupo no Facebook para mães de recém-nascidos e ofereceu ensaios de graça com a justificativa de construir um portfólio. Uma mãe se interessou pela proposta e convidou a falsa fotógrafa para dentro de casa.

Junto de uma ajudante, ela chegou e ofereceu um cupcake. Após comer, a mãe começou a se sentir sonolenta e trêmula, e suspeitou que pudesse ter sido drogada. Pediu para as visitas saírem e ligou para a polícia. Essa foi a sorte.

-Publicidade-

A polícia de Washington chegou a tempo de impedir que Juliette concluísse o plano e os investigadores afirmaram que, realmente, essa era a intenção da mulher, pegar o bebê e criar como se fosse seu. “A suspeita foi vista tirando selfies com o bebê da vítima e limpando as impressões digitais dos itens que havia tocado dentro da casa”, explicaram os detetives do Pierce Country Sheriff’s Department, que  prenderam a mulher na sequência.

 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-