;
Criança

4 sinais de que seu filho está sofrendo bullying e como reagir

Quanto antes você perceber, melhor!

Isabelle Marsola

Isabelle Marsola ,Filha de Soraya e Júnior

Entenda como saber se seu filho está sofrendo bullying (Foto: iStock)

Entenda como saber se seu filho está sofrendo bullying (Foto: iStock)

bullying é algo que assusta todos os pais. Mas talvez mais preocupante seja a ideia de que isso está acontecendo com seu filho e você não percebe, afinal as crianças são boas em esconder seus sentimentos e quando você não está com eles o dia todo é mais difícil saber o que está acontecendo.

De acordo com uma pesquisa recente do Massachusetts Aggression Reduction Center, publicada no site Babyologi, existem alguns sinais comuns de que seu filho pode estar sofrendo de bullying.

#1

Mudanças repentinas nos padrões de sono que podem indicar estresse;

#2

Se seu filho deixa de querer brincar com os amigos, costumava gostar ou parar de querer fazer atividades que eles costumavam amar;

#3

De repente, ficar envergonhado por algo incomum que acontece em público;

#4

Sentir-se “doente” nos dias de escola, mas feliz e bem no fim de semana.

Entenda como agir com seu filho que está passando por isso (Foto: iStock)

Entenda como agir com seu filho que está passando por isso (Foto: iStock)

Pode ser fácil descartar o bullying como algo que acontece com crianças mais velhas, mas de acordo com a Raising Children’s Network ele pode começar já nos anos pré-escolares.

Enfrentar o comportamento mais cedo possível é a coisa mais importante que você pode fazer como pai/mãe. Entenda por onde começar:

> Amplie o amor, o apoio e a tranquilidade em casa, desta maneira dê ao seu filho toda a sua atenção e assegure-se de que o que está acontecendo não é bom e também não é culpa deles;

> Evite linguagem negativa, tente não dizer coisas como: “Fique de pé” ou “Não se preocupe, você pode ficar em casa hoje”. É uma experiencia dificil para seu filho, mas também irá ensiná-lo a entender como navegar pelos relacionamentos ao longo da vida;

> Entre em contato com a escola do seu filho. Converse em particular com o professor e coordenador do seu filho para que façam um plano para resolver o problema e manter contato com eles regularmente.

Fiquem calmos, a vida é feita de altos e baixos e essa é apenas uma de muitas experiencias para seu filho passar, tudo isso fará com que no futuro ele se torne um adulto seguro, saudável, feliz e forte.

Leia também:

Mãe cancela chá de bebê por tirarem sarro do nome que ela escolheu para o filho 

Como acabar com a birra em 4 passos

Famoso youtuber brasileiro acaba de anunciar com foto no Instagram que será pai