Recém-Nascido

Entenda porque o banho de sol não é recomendado para todos os recém-nascidos

A Sociedade Brasileira de Pediatria alerta que a prática deve ser feita apenas com bebês que têm icterícia

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Shutterstock)

Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda banho de sol apenas para bebês com icterícia (Foto: Shutterstock)

*Por Gladys Magalhães, mãe de Miguel

Todos os dias pela manhã, Tatiana Cristina da Silva, leva o pequeno Thomas, de 4 meses, para passear ao ar livre, por cerca de 10 a 15 minutos, nas ruas de São Carlos, no interior paulista.  O objetivo dos passeios, explica a mãe, é tomar banho de sol e tratar a icterícia neonatal – doença comum entre os recém-nascidos, que deixa a pele dos bebês em um tom amarelo-alaranjado. “Meus dois filhos nasceram com icterícia, então, por recomendação médica, deveriam tomar o banho de sol, o que se tornou uma prática. Tento sair com Thomas até às 10h da manhã, ou à tardezinha. Coloco-o no carrinho e não tenho preocupação com o tipo de roupa, até porque temos tido dias de bastante frio”, explica Tatiana, que também é mãe de Victorio, de 5 anos.