Criança

Campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite vai até dia 31 de agosto

Para dar aquele gás, foram adquiridas 28,3 milhões de doses distribuídas em todos os postos do país

Marina Paschoal

Marina Paschoal ,Filha de Selma e Antônio Jorge

Foto: iStock

Foto: iStock

Começou, na última segunda-feira (6), a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite promovida pelo Ministério da Saúde. Todos os postos do Brasil fazem parte da ação e crianças de 1 a 5 anos podem ser vacinadas em qualquer unidade, independente de já terem sido imunizadas ou não. Dia 18 de agosto é o dia D, com mobilização nacional e a campanha acontece até dia 31.

A expectativa do Ministério da Saúde é de que 11,2 milhões de crianças sejam vacinadas e a meta é imunizar pelo menos 95% das crianças para diminuir a possibilidade do retorno da pólio o reaparecimento do sarampo, já que são doenças que haviam desaparecido do Brasil. “Neste tipo de campanha, em um curto espaço de tempo, temos a oportunidade de vacinar 95% dessas crianças. Assim, criarmos uma barreira sanitária, uma imunidade de grupo. Rapidamente teremos a oportunidade de garantir que, mesmo que os vírus da pólio e sarampo entrem no país, não encontrem uma fonte de infecção”, explicou a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues.

Para dar aquele gás na campanha, foram adquiridas 28,3 milhões de doses das vacinas. Sendo, em cada estado, mais de 800 mil doses da Vacina Inativada Poliomielite, para crianças que nunca foram imunizadas; 14 milhões da Vacina Oral Poliomielite, a gotinha, para aquelas que já tomaram uma ou mais doses; mais de 13 milhões da Tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, para todas as crianças que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

 

Madrinha da campanha

Xuxa, a eterna rainha dos baixinhos, é a madrinha da campanha deste ano, assinada Fields360.

Veja o vídeo:

Leia também: