Bebês

Acredite se quiser: bebê nasce com o primeiro dente e precisa extrair

Segundo a mãe, Isla-Rose se comportou muito bem durante o procedimento

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

(Foto: Arquivo Pessoal/Jasmin Heasman)

(Foto: Arquivo Pessoal/Jasmin Heasman)

Bebê recém-nascido, mil maravilhas, hora de amamentar… mas e se o seu filho já nascesse com o primeiro dente? Esse caso aconteceu com a bebê Isla-Rose Heasman, que nasceu em Devon, na Inglaterra. Após perceber que a recém-nascida já tinha um dente de leite na boca, a mãe, Jasmin Heasman, teve que levar sua filha ao dentista com apenas 12 dias de vida. “O dente precisou ser extraído porque estava mole. Mas ela foi mais corajosa que eu, nem chorou”, contou a mãe ao BBC News. Seven Trees Dental foi o consultório que realizou o procedimento todo sem injeção de anestesia, já que a idade da bebê não permitia. Imagina?! A solução foi usar um creme anestésico.

(

(Foto: Arquivo Pessoal/Jasmin Heasman)

Além disso, eles confirmaram que Isla-Rose foi a paciente mais nova deles. O que já era de se esperar já que os dentes dos bebês começam a crescer em torno dos seis meses. Mas, de acordo com a British Dental Association (BDA), um em cada dois mil bebês nasce com dentes que já são visíveis.

A Sociedade Brasileira de Pediatria indicou que no momento em que a mãe e os médicos percebem o dente, é necessário realizar um diagnóstico para ver se ele precisa ser extraído. Isso para evitar futuros acidentes com o bebê ou nos mamilos da mãe.

Sobre os primeiros dentes do bebê

Completar 6 meses é um marco para o bebê e para a família. É nessa fase que seu filho para de mamar, já dorme sozinho no quarto, começa a interagir mais com o ambiente e… começam a nascer os primeiros dentes! Viu quanta coisa acontece nesse tempo? É por isso que a primeira dentição costuma gerar tantas dúvidas e ser vista como um momento difícil.

Para começar, é importante lembrar que, nessa hora, não existe regra, nem certo ou errado, mas uma coisa é verdade: o bebê fica mesmo mais chatinho quando o dente está nascendo. Dói, gente! Quem nunca ficou de mau humor quando não estava bem de saúde?

“É um processo de inflamação. A pele da gengiva está se rompendo lentamente. Isso incomoda um pouco, mesmo”, explica o pediatra Cid Pinheiro, pai de Felipe e Guilherme e coordenador da equipe de pediatria do Hospital São Luiz Morumbi. O especialista, que também é professor de medicina da Santa Casa de São Paulo, explica que o processo de crescimento pode durar de 4 a 7 dias para cada dente, normalmente. Durante esse período, podem surgir alguns sintomas físicos, como febre.

Mas não se desespere. “A criança não vai ter 38 graus de temperatura por causa do dente”, tranquiliza o pediatra. Ele ressalta que o período é mesmo mais difícil. De acordo com o pediatra, nessa fase, as crianças têm muitas infecções virais. “Elas começam a sair mais de casa e ter contato com outras crianças. Estão aprendendo a se defender dos ‘bichinhos’ e criando anticorpos. Esses fatores podem deixá-las doentes quase todo mês”, explica.

Boca também se limpa

No processo de nascimento dos primeiros dentes, e mesmo antes, a boca do bebê deve ser limpa. “A limpeza deve ser feita com o dedo mesmo ou com dedeiras e apenas com água”, indica o pediatra.

A frequência deve ser a mesma que usamos para os mais velhos: após as refeições. No caso dos bebês, depois das mamadas. Depois que os dentinhos começarem a nascer, é hora de usar uma escova de dentes infantil para a higienização com creme dental próprio para crianças. A quantidade usada deve ser igual a um grão de arroz, segundo a odontopediatra, e o flúor só deve estar presente na pasta de dentes caso a escovação seja supervisionada por um adulto.

Muita gente pensa que a escovação dos dentes de leite não é tão necessária assim, mas isso não é verdade. “Os dentes podem ser afetados superficialmente em caso de uma cárie, por exemplo, mas as lesões podem ser definitivas”, alerta o pediatra. Além da limpeza, outro cuidado importante é relacionado às brincadeiras, principalmente as que incluem corrida. “A criança está aprendendo a andar e correr e pode cair. Se cair e os dentes quebrarem é preciso procurar um odontopediatra”, recomenda.

Leia também:

Saiba como lidar com os primeiros dentes do bebê

Como limpar a boca antes de nascerem os primeiros dentes

Primeiros dentes do bebê: você precisa limpar mais de uma vez por dia