Babá eletrônica: conheça os benefícios e saiba como escolher o melhor modelo

A gente sabe que a babá eletrônica pode ser uma grande aliada dos pais no dia a dia, mas com a grande variedade de produtos pode ser difícil decidir qual usar. Veja quais são as indicações de uma especialista e as vantagens e desvantagens de cada acessório

Resumo da Notícia

  • A babá eletrônica traz mais tranquilidade para os pais enquanto estão em um cômodo diferente dos filhos
  • O acessório pode ser um grande aliado no dia a dia da família
  • Os modelos mais simples, como o de áudio, podem ser levados em viagens, por exemplo

A chegada de um bebê em casa muda tudo, inclusive a rotina da família. A gente sabe que todo cuidado é pouco, por isso ter ferramentas que facilitam nesse monitoramento podem ser uma baita ajuda! A fim de trazer mais liberdade e segurança para os pais, a babá eletrônica é uma grande aliada no cotidiano.

-Publicidade-
Monitorar o bebê dentro de casa é um ato de cuidado e carinho, e que pode ser facilitado com o uso da babá eletrônica (Foto: Shutterstock)

Com uma variedade enorme de produtos, pode ficar até difícil escolher o modelo certo e que atenda todas as necessidades. Lory Buffara, CEO da consultoria especializada em enxoval Mommy’s Concierge, explica que essa é uma das maiores dúvidas das famílias: “O mercado de produtos eletrônicos cresceu tanto nos últimos anos que essa é uma dúvida bastante natural e comum”.

Pensando nisso, a especialista reuniu as principais dicas e no que você precisa ficar de olho para fazer a melhor compra. Veja os prós e contras de cada um dos modelos de babá eletrônica e saiba onde encontrar cada um dos acessórios:

Babá eletrônica Smart

Bastante parecida com uma câmera de segurança e, segundo Lory, é o modelo que tem ganhado cada vez mais destaque pelos usuários. As principais vantagens são as funções extras, como a possibilidade de visão noturna, podendo acompanhar assim o sono do bebê. Como desvantagem, a especialista explica que o produto não vem com um monitor e é necessário conectar o aparelho a um celular ou tablet, por exemplo.

Babá eletrônica smart (Foto: Divulgação)

O modelo possui uma tela de 4,3″, é sem fio e pode ser monitorada com o uso de um monitor ou celular. O produto pode ser encontrado por R$ 2.369,78. Para comprar, clique AQUI.

Babá eletrônica Wifi

Além de possuir um monitor próprio, é um dos queridinhos das famílias. Um ponto positivo importante é que quando os pais precisam sair, é possível checar as imagens do bebê a partir da conexão Wifi. Como desvantagem, Lory cita a resolução do monitor, além de ser um modelo um pouco mais simples.

Babá eletrônica Wifi (Foto: Divulgação)

O modelo possui uma tela de 5″ e pode ser monitorada com o uso de um monitor ou celular. O produto pode ser encontrado por R$ 1.804,05. Para comprar, clique AQUI.

Babá eletrônica monitor

Ideal para checar o bebê dentro de casa. Por ser um modelo simples, é econômico e possui um monitor de imagem. Contudo, por não ter conexão Wifi, os pais ficam limitados ao monitoramento apenas na residência.

Babá eletrônica monitor (Foto: Divulgação)

O modelo possui uma tela de 3,5″. O produto pode ser encontrado por R$ 989,00. Para comprar, clique AQUI.

Babá eletrônica som

Funciona no estilo walkie talkie e é o modelo mais simples e econômico da categoria. Em vez da visualização da imagem, é possível apenas escutar os sons e o choro do bebê. “Pode ser uma opção para uso temporário ou em trânsito, como uma viagem ou na casa dos avós”, recomenda Lory Buffara. Apesar de ter um ótimo custo x benefício e permitir que os pais interajam com o bebê, a família fica limitada apenas ao áudio.

Babá eletrônica áudio (Foto: Divulgação)

O modelo não possui tela. O produto pode ser encontrado por R$ 217,55. Para comprar, clique AQUI.

Qual a maior vantagem de ter uma babá eletrônica?

“A maior vantagem da babá eletrônica é, sem dúvidas, a tranquilidade que traz para pais e cuidadores poderem realizar outras tarefas enquanto o bebê descansa em outro cômodo. O eletrônico também permite monitorar os cuidados com a criança à distância, trazendo conforto aos pais que precisam trabalhar e se preocupam com o dia a dia do bebê”, conclui a especialista.