Bebês

Dúvidas sobre infecções de ouvido? Esclarecemos tudo

Aprenda os sintomas, causas e tratamentos para esta doença comum na infância

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

doctor-checks-the-temperature-of-a-baby-boy-picture-id814731060

(Foto: iStock)

Quão comuns são as infecções de ouvido? 

“Ao lado do resfriado comum, infecções de ouvido são o distúrbio mais comum em crianças”, diz Margaretha Casselbrant, chefe de otorrinolaringologia pediátrica no Hospital Infantil de Pittsburgh. Os fatos são de que mais de 80% das crianças serão diagnosticadas com uma infecção no ouvido até o terceiro aniversário e que o horário nobre para as crianças terem infecções de ouvido é entre 6 a 24 meses.

Por que as crianças são propensas a infecções de ouvido?  

Primeiro, uma explicação rápida: as infecções de ouvido ocorrem quando o fluido fica preso no ouvido médio (um espaço cheio de ar localizado atrás do tímpano) e é infectado por bactérias ou vírus. É mais provável que isso aconteça quando o tubo que conecta a garganta ao ouvido médio fica bloqueada. Normalmente, este bloqueio é causado por inchaço ou congestão de um resfriado, razão pela qual uma infecção no ouvido geralmente se desenvolve após um resfriado. Alergias também podem causar inflamação.

A anatomia também é um fator contribuinte. Os tubos de uma criança são mais curtos, menos angulados e mais flexíveis que os de um adulto, o que significa que tanto os fluidos quanto os germes têm maior probabilidade de ficar presos no ouvido médio. Além disso, o sistema imunológico de uma criança ainda está se desenvolvendo, então ela tem mais dificuldade em combater vírus e bactérias.

Como os pais podem identificar uma infecção no ouvido? 

As crianças mais velhas dizem quando, por exemplo, o ouvido dói. Já um bebê não é capaz de fa